sábado, 29 de abril de 2017

Figurinista Su Tonani teve caso com José Mayer, diz jornal

O colunista Léo Dias divulgou que a funcionária da Tv Globo não quis dar sequência ao processo porque manteve um relacionamento extraconjugal com o artista, que é casado.

Uma novidade pode mudar o caso envolvendo o ator José Mayer, acusado de assédio sexual pela figurinista Su Tonani. O colunista Léo Dias, do jornal O Dia, divulgou que a funcionária da Tv Globo não quis dar sequência ao processo justamente porque manteve um relacionamento extraconjugal com o artista, que é casado com a produtora Vera Farjado.

De acordo com a publicação, os dois terminaram e Su já estava com outra pessoa quando o ator passou a investir novamente. Alguns funcionários da Tv Globo, por sinal, revelaram ao colunista que os dois chegavam juntos no carro do ator para as gravações nos estúdios da emissora e ela chegava a ficar com a chave do carro dele. "A intimidade entre eles sempre foi de conhecimento de todos no antigo Projac. Eram nítidas as brincadeiras entre ambos", diz Léo.
Ainda segundo o colunista, Su esteve na Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro e fez o pedido de cancelamento da acusação criminal, após acusar publicamente que José Mayer colocou a mão em sua vagina em fevereiro deste ano, nos bastidores da novela 'A Lei do Amor', onde José Mayer interpretava o personagem Sebastião Bezerra.
Do Correio 24 Horas com iBahia

Suspeito de assalto é preso por tráfico de drogas em Piranhas, AL



Um homem identificado como Anderson Carlos Lima Rodrigues, de 19 anos, foi preso na madrugada desta sexta-feira, 28, no bairro Nossa Senhora das Graças, conhecido como “Fazendinha”, em Piranhas, no Sertão de Alagoas. Ele é suspeito de praticar assaltos na região.

Uma guarnição da Companhia de Operações Policiais Especiais do Sertão (Copes-Caatinga), depois de uma denúncia anônima, realizou diligências pela localidade. Ao perceber a presença da viatura, o suspeito ainda tentou fugir, mas foi capturado. Com ele foram encontradas 24 trouxinhas de maconha, que estariam prontas para serem comercializadas.

O suspeito foi encaminhado a Delegacia Regional de Polícia (1ª-DRP), sediada em Delmiro Gouveia, onde foi autuado em flagrante delito pelo crime de tráfico de drogas e ficou recluso à disposição da Justiça. 
Do Alagoas 24 Horas com Correio Noticia

Centro de Meteorologia prevê chuvas em Sergipe até segunda-feira (1º)

O tempo deve permanecer instável na grande faixa litorânea e parte do Agreste sergipano até a próxima segunda-feira (1º). A informação é do Centro de Meteorologias de Sergipe, vinculado à Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh).

De acordo com o chefe da Sala de Situação do Centro de Meteorologia, Overland Amaral, as chuvas ganham intensidade a partir desta quinta-feira (27), perdurando até o sábado (29) e início de domingo (30), perdendo força na madrugada da segunda-feira.

“São chuvas características para essa época do ano. São, especificamente, chuvas de leste, do mar. É uma chuva leve e moderada, não tem a intensidade das chuvas convectivas. Inicialmente, elas vão se concentrar no Litoral, chegando ao Agreste, e no Sertão elas já passam a ser decrescentes”, revela Overland.

As temperaturas, conforme o meteorologista, não vão cair e devem se manter no padrão, com mínimas de 22°C e 23°C e máximas de 30°C e 31°C.

Do G1 *Com informações da ASN.

Deputado estadual divulga nota sobre Operação Satélite II

Após ter sido alvo de uma operação deflagrada nesta sexta-feira (28) pela Polícia Federal, o deputado estadual Inácio Loyola, enviou uma nota à imprensa e disse que está aguardando o resultado da perícia atestando a idoneidade dele para continuar trabalhando em beneficio do povo alagoano.
Confira a nota na íntegra:
Na condição de homem público, em virtude do cargo que exerço, sinto-me no dever de prestar os seguintes esclarecimentos:
1- Na manhã de hoje (28/04), estiveram em minha residência,  em Maceió, integrantes  da Polícia Federal, em cumprimento a um mandado de Busca e Apreensão, de ordem do  Ministro Edson Fachin, do STF.
2- após o término da busca, foram apreendidos dois computadores  portáteis, um de minha esposa e outro de um afilhado, de nome Tarcísio, que reside conosco, dois telefones  celulares sem uso, quatro cadernetas de anotações e alguns DVD`s, contendo palestras e trabalhos de pesquisas, e discursos proferidos por mim ao longo da minha vida pública.
3 - Aguardo o resultado da perícia atestando a minha idoneidade para continuar trabalhando em benefício do povo alagoano.
O caso
Com determinação do Supremo Tribunal Federal (STF), a Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (28) uma operação que tem como alvo pessoas ligadas ao senador Renan Calheiros. Os mandados de busca e apreensão foram expedidos pelo ministro Edson Fachin, com base dos depoimentos prestados por Sérgio Machado, ex-diretor da Transpetro, e mais dois executivos. Essa fase da operação – que integra os trabalhos da Operação Lava Jato – foi denominada de Satélite II. 
Do Cada Minuto

Feriado prolongado terá 73% dos leitos ocupados em Alagoas

Para o feriado do Dia do Trabalhador (1º de maio), a expectativa é de que 73% dos leitos dos meios de hospedagem de Alagoas estejam ocupados no período, de acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH-AL).
Ainda segundo a entidade, durante a Semana Santa e o feriado de Tiradentes, Alagoas apresentou uma taxa de ocupação hoteleira de 83% e 84% respectivamente, mantendo a média elevada de 2016.
"De 2016 da cá, tivemos a instalação de 910 novos leitos e conseguimos manter uma ocupação hoteleira elevada nessas datas, o que significa que tivemos, em valores absolutos, mais turistas visitando o Estado. No ano passado, nós conseguimos manter uma média de 70% de ocupação hoteleira durante toda a temporada e os feriados colaboram para esse número. A expectativa é que Alagoas continue crescendo ainda mais apostando na política de promoção para importantes mercados emissores e em campanhas digitais", disse o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Helder Lima.
O presidente da ABIH-AL, Mauro Vasconcelos, ressalta que a manutenção dos bons resultados é um reflexo da parceria entre o setor público e o trade turístico.
"Atuando em parceria, podemos divulgar e promover Alagoas em feiras e eventos de grandes mercados emissores regionais e nacionais. Não só Maceió, como também outros destinos do Estado, Maragogi, Barra de São Miguel, Francês, São Miguel dos Milagres e Piranhas, por exemplo, que têm se fortalecido com o crescimento da hotelaria", afirmou Vasconcelos.
O Ministério do Turismo (Mtur) estima que os feriados devam injetar mais de R$ 21 bilhões na economia nacional em 2017.
Da Assessoria

Greve geral termina com confrontos em São Paulo e no Rio de Janeiro

A sexta-feira (28) no país foi marcada pela greve geral de categorias profissionais. Em diversas cidades, na maioria capitais, rodoviários, metroviários, professores e trabalhadores do comércio aderiram à paralisação, convocada pelas centrais sindicais em protesto contra as reformas trabalhista e da Previdência. Na maioria dessas cidades, os serviços de transporte coletivo foram interrompidos parcialmente ou totalmente durante o dia. Agências bancárias, escolas e lojas ficaram fechadas.

As centrais criticam pontos das reformas, como a idade mínima para a aposentadoria e o fim da obrigatoriedade da contribuição sindical. O governo argumenta que as mudanças são necessárias para o pagamento dos benefícios previdenciários às gerações futuras e a criação de empregos.

Os manifestantes realizaram atos e passeatas. Houve também bloqueio de vias e rodovias. Empresas e governos recorreram à Justiça para que parte dos funcionários trabalhassem neste dia.

As duas maiores centrais sindicais do país -Central Única dos Trabalhadores (CUT) e Força Sindical - consideraram exitosa a greve e mostra que existem propostas para a retomada do crescimento do país sem "a perda de direitos trabalhistas, previdenciários e sociais" . O governo federal avaliou que os atos foram restritos aos grandes centros e que houve baixa adesão, o que significa que a maior parte da população apoia as reformas propostas pelo Executivo e em tramitação no Congresso Nacional.

A paralisação nacional terminou com confrontos entre grupos de manifestantes e policiais no Rio de Janeiro e em São Paulo.

Na capital paulista, a confusão ocorreu na região onde fica a casa do presidente Michel Temer, que passou o dia em Brasília. A polícia usou bombas de gás lacrimogêneo e spray de pimenta para dispersar os manifestantes. O grupo, alguns com o rosto coberto, reagiram com paus e pedras contra o policiais.

No Rio de Janeiro, houve confronto entre alguns manifestantes a polícia na Cinelândia, onde estava previsto o ato de encerramento da greve geral. Os agentes usaram bombas de efeito moral e gás lacrimogêneo para dispersão e causou um corre-corre.  Sindicalistas, lideranças sociais e a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) acusam a Polícia Militar de ter inviabilizado o comício por causa da ação adotada e provocado o esvaziamento do local.  Em nota, a PM diz que agiu para combater a ação de vândalos.

Antes, alguns manifestantes e policiais se enfrentaram em frente à Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro. A confusão começou depois de um homem, usando uma máscara, ter atirado um coquete molotov nos policiais que faziam a segurança do prédio da Alerj.

Pelo menos nove ônibus foram incendiados no centro do Rio de Janeiro durante as manifestações.
 
Foto Thomaz Silva/Agencia Brasil
Da Agencia Brasil

Família oferece recompensa de R$ 10 mil por suspeito de assassinar adolescente em Delmiro, AL

A família do adolescente Arthur Siqueira Pantaleão, de 14 anos, assassinado na última sexta-feira, 21, no município de Delmiro Gouveia, Sertão de Alagoas, estabeleceu uma recompensa de R$ 10 mil para quem ajudar na localização do suspeito de cometer o crime, que está foragido.
“É uma forma de incentivar as pessoas para que nos ajudar e que a justiça ser feita”, afirmou ao TNH1, Alain Siqueira, pai do garoto Arthur. Ele foi morto, segundo o pai, após ser atingido por três tiros de revólver calibre 38, que teriam sido disparados por Walter Kassius Clay durante uma tentativa de assalto.
O adolescente teria tentado fugir e terminou sendo baleado. Ainda de acordo com o pai, um menor também suspeito de participação no crime foi apreendido e permanece detido em Delmiro.
A família do adolescente Arthur Siqueira Pantaleão, de 14 anos, assassinado na última sexta-feira, 21, no município de Delmiro Gouveia, Sertão de Alagoas, estabeleceu uma recompensa de R$ 10 mil para quem ajudar na localização do suspeito de cometer o crime, que está foragido.
“É uma forma de incentivar as pessoas para que nos ajudar e que a justiça ser feita”, afirmou ao TNH1, Alain Siqueira, pai do garoto Arthur. Ele foi morto, segundo o pai, após ser atingido por três tiros de revólver calibre 38, que teriam sido disparados por Walter Kassius Clay durante uma tentativa de assalto.
O adolescente teria tentado fugir e terminou sendo baleado. Ainda de acordo com o pai, um menor também suspeito de participação no crime foi apreendido e permanece detido em Delmiro.
Do TNH1

Deputado Inácio e Desembargador Washington Luiz são alvos da operação Lava Jato

Atendendo a determinação do ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no
Supremo Tribunal Federal (STF), as residências do desembargador e ex-presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas, Washington Luiz Damasceno Freitas, e do irmão dele, o deputado estadual Inácio Loiola (PSB), ambas na Ponta Verde, em Maceió, foram alvo de uma operação de busca e apreensão de documentos na manhã desta sexta-feira (28) por parte da Polícia Federal.

Como a ordem partiu do ministro Fachin, a suspeita é de que a ação esteja relacionada a um dos inquéritos envolvendo o senador Renan Calheiros (PMDB), o que, contudo, não foi confirmado pela PF, cuja assessoria anunciou que qualquer informação oficial sobre o caso somente será dada pela PF de Brasília.

Inácio Loiola, que não se encontrava em casa no momento da chegada dos agentes da PF, foi alvo da operação devido às suspeitas de recebimento de doações para campanha eleitoral de dinheiro pago como propina por empresas investigadas no âmbito da Lava Jato. Já o desembargador, presente no momento da ação da PF, é suspeito de conceder decisões judiciais favoráveis a estas empresas.

A PF de Alagoas confirmou, contudo, que a ação integra a Operação Satélite 2, durante a qual, também hoje pela manhã, agentes da instituição realizaram buscas no escritório do advogado Bruno Mendes, ligado ao senador Renan Calheiros.

Mendes foi apontado como uma das pessoas presentes a um encontro na residência oficial do então presidente do Senado cuja conversa foi gravada pelo ex-presidente da Transpetro e delator da Lava Jato, Sérgio Machado. Na ocasião, foram feitas várias críticas à condução da Lava Jato. Entre os presentes, o ex-integrante do Conselho Nacional de Justiça, Fabiano Silveira, na qualidade de ministro da Transparência, Fiscalização e Controle.

Silveira deixou o ministério e o CNJ após a divulgação da conversa.

O EXTRA ainda não conseguiu contato com as assessorias do desembargador Washington Luiz e do irmão dele.

Do Novo Extra

quinta-feira, 27 de abril de 2017

Renan não acredita que reforma trabalhista “passe” no Senado

Em pronunciamento no plenário nesta quinta-feira, 27, o senador Renan Calheiros (PMDB) disse acreditar que, da forma como veio da Câmara, a reforma não será aprovada no Senado. Ele afirmou estar consternado com a aprovação da matéria e criticou alguns pontos da proposta, como o acordado se sobrepor ao que está na lei: “É uma chantagem explícita: ou aceita ou cai fora. É o ‘dá ou desce’ trabalhista”.
 “Todos sabemos que acordos forçados em plena recessão, com 13 milhões de desempregados e com o desemprego aumentando mês a mês, é pedir que se aceite a crueldade como caridade”, disparou, acrescentando que o texto aprovado induz os assalariados a se tornarem pessoas jurídicas, abrindo mão de FGTS, horas extras e férias remuneradas.
O senador alagoano frisou ainda que a reforma irá aprofundar a desigualdade social e disse que uma proposta justa deveria “retirar privilégios inconcebíveis, como os supersalários pagos com dinheiro público”.
Ele sugeriu ao presidente da Câmara dos Deputados que colocasse em votação o fim dos supersalários, “embora constatando que acabar com os supersalários não tem sido prioritário nem para o Governo, nem para a Câmara dos Deputados”.
Por Cada Minuto

Greve Geral: MST vai bloquear rodovias alagoanas

Aderindo ao movimento da Greve Geral que acontecerá em todo o país nesta sexta-feira, dia 28, integrantes do Movimento Sem Terra (MST) declaram que farão bloqueios em diversos pontos das rodovias estaduais e federais que cortam nosso Estado.
As mobilizações estão agendadas para acontecer no período da manhã. Na cidade de União dos Palmares, o bloqueio será na BR – 423, na BR-101, os manifestantes estarão interditando o trânsito na ponte que faz divisa entre Alagoas e Sergipe. Outra ponte que também estará com o trânsito interditado será a que fica na divisa entre Alagoas e Bahia na BR-316.
Os manifestantes do MST também devem interditar trechos das rodovias que passam pelos municípios de Teotônio Vilela, Flexeiras, Novo Lino, São Luís do Quitunde, Jaramataia e Satuba.
Foto: Crédito: Ascom PRF/AL / Arquivo
Do Cada Minuto

Sergipe pode ter novo desenho cartográfico e no sertão povoados poderão passar para Bahia

Canindé de São Francisco e Poço Redondo poderão perder território para Bahia

Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese) está analisando a proposta de criação da norma regulatória do limite político-administrativo entre os estados da Bahia e Sergipe com a participação de procuradores, deputados estaduais, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e representantes da Secretaria de Planejamento dos dois estados. O estudo levou um ano para ficar pronto.

A Secretaria de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag) e a Assembleia Legislativa vão ter a missão de revisar os limites dos 75 municípios e vai ser ressalta que será formada comissão especial para tratar dessa pauta.

As leis e dados cartográficos existentes que comprovam a divisa desses estados são dos anos 40 e eles alegam que há defasagem nas informações. Segundo os representantes desse grupo, a legislação da época não descreve com precisão as divisas estaduais brasileiras, situação que tem provocado conflitos territoriais interestaduais dificultando a ação dos governos. Para fazer esta correção, eles usam coordenadas geográficas.

Ao Sul de Sergipe poderão mudar os limites dos municípios de Indiaroba, Cristinápolis, Tomar do Geru. Na Região Centro Sul os municípios de Tobias Barreto, Poço Verde e Simão Dias. Na Região Agreste Central, o estudo topográfico mostra mudanças nos limites de Pinhão e Carira. No Alto Sertão, mudanças no mapa de Nossa Senhora da Glória, Monte Alegre, Poço Redondo e Canindé de São Francisco. Em alguns casos, municípios sergipanos perderiam território para a Bahia. Monte Alegre, por exemplo, perderia cinco povoados.

Da Redação, com G1

Greve Geral: Governo de AL vai cortar ponto de servidor que não justificar falta

O Governo do Estado deve descontar a falta do servidor que aderir à Greve Geral nesta sexta-feira (28) e não comparecer à repartição para exercer as atividades, sem que seja dada uma justificativa da ausência ao gestor. A informação foi repassada pela Secretaria de Estado de Comunicação (Secom). Já a Prefeitura de Maceió afirmou, por meio de nota, que vai respeitar o direito à livre manifestação dos servidores.
Na nota enviada à Gazetaweb, a Prefeitura de Maceió comunicou que não vai aderir à paralisação e que os órgãos públicos vão estar funcionando. Porém, ressaltou que vai respeitar o "direito de livre manifestação dos servidores públicos municipais".
Em um breve comunicado, o Governo de Alagoas disse que as faltas serão tratadas da "forma habitual". Sobre o assunto, o governador Renan Filho (PMDB) disse nesta quinta-feira que o Estado precisa funcionar e que ele conta com o bom senso dos servidores, apesar de os trabalhadores terem o direito à livre manifestação. 
"O corte de ponto não é o governador que impõe, é o bom senso. No Brasil, existe a possibilidade da livre manifestação. É importante que o servidor compreenda que precisamos funcionar o estado. Por isso que eu antecipei os salários. Os hospitais, as escolas e as secretarias precisam funcionar. Eu, como governador, vou trabalhar amanhã, mas é fato que a livre manifestação deve existir em toda a sociedade. Por isso eu torço pelo equilíbrio e o bom senso de todo mundo", afirmou Renan Filho. 
MPT
A mobilização desta sexta-feira já foi considerada legítima pelo Ministério Público do Trabalho (MPT). Em nota enviada à imprensa e assinada pelo Procurador-Geral do Trabalho, Ronaldo Curado Fleury, o órgão denomina o movimento como "justo e adequado" e "de resistência dos trabalhadores às reformas trabalhista e previdenciária, em trâmite açodado no Congresso Nacional, diante da ausência de consulta efetiva aos representantes dos trabalhadores".
A nota também reafirma a posição institucional do MPT contra as medidas "de retirada e enfraquecimento de direitos fundamentais dos trabalhadores contidas no Projeto de Lei que trata da denominada 'Reforma Trabalhista'". 
Mais de vinte categorias em Alagoas já prometeram adesão à Greve Geral. Os rodoviários só sairão das garagens a partir do meio-dia e os ferroviários cruzarão os braços durante todo o dia. Os bancários também aderiram à mobilização e as agências permanecerão fechadas nesta sexta-feira. Os funcionários dos Correios se adiantaram e deflagraram greve por tempo indeterminado na noite dessa quarta-feira (26). As atividades já estão paralisadas a partir de hoje. 
Ontem, a Arquidiocese de Maceió convocou os fiéis católicos a participarem do movimento e ir às ruas em defesa dos direitos do povo brasileiro. 
Confira a nota do MPT na íntegra:
O MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO, considerando a Greve Geral anunciada para o dia 28.04.2017, vem a público:
I - DESTACAR que a Greve é um direito fundamental assegurado pela Constituição Federal, bem como por Tratados Internacionais de Direitos Humanos ratificados pelo Brasil, "competindo aos trabalhadores decidir sobre a oportunidade de exercê-lo e sobre os interesses que devam por meio dele defender" ( art. 9º da CF/88);
II - ENFATIZAR a legitimidade dos interesses que se pretende defender por meio da anunciada Greve Geral como movimento justo e adequado de resistência dos trabalhadores às reformas trabalhista e previdenciária, em trâmite açodado no Congresso Nacional, diante da ausência de consulta efetiva aos representantes dos trabalhadores (Convenção OIT n. 144);
III - REAFIRMAR a posição institucional do Ministério Público do Trabalho - MPT contra as medidas de retirada e enfraquecimento de direitos fundamentais dos trabalhadores contidas no Projeto de Lei que trata da denominada "Reforma Trabalhista", que violam gravemente a Constituição Federal de 1988 e Convenções Fundamentais da Organização Internacional do Trabalho;
IV - RESSALTAR o compromisso institucional do MPT com a defesa dos Direitos Sociais e com a construção de uma sociedade livre, justa, solidária e menos desigual.
RONALDO CURADO FLEURY
Procurador-Geral do Trabalho
Confira a nota da Prefeitura de Maceió na íntegra:
Diante da greve geral convocada pelas centrais sindicais e movimentos sociais nacionais, nesta sexta-feira, 28, a Prefeitura de Maceió informa que não vai aderir ao movimento. O Município informa também que vai buscar manter os serviços à população. Entretanto, diante do fato, a Prefeitura de Maceió comunica que vai respeitar o direito de livre manifestação dos servidores públicos municipais.
Confira o comunicado do Governo do Estado na íntegra:


Amanhã (28), todos os órgãos do Estado funcionarão normalmente. As eventuais faltas serão tratadas da forma habitual.
Do Gazetaweb

Bandidos sequestram casal, são perseguidos e trocam tiros com a polícia no interior de Alagoas

O que deveria ser uma simples compra feita em um supermercado de União dos Palmares, na Zona da Mata alagoana, terminou com um sequestro, troca de tiros e duas pessoas feridas, na noite dessa quarta-feira, (26).
Segundo informações passadas pelo  subtenente Castro, do 2º Batalhão Policial, o professor Taciano da Silva Santos e sua esposa, Mirele Lopes Bispo, estavam na porta do mercado quando foram abordados por três homens armados que anunciaram o assalto e os obrigaram a entrar no próprio veículo, um Fiat Palio Cinza.
Testemunhas presenciaram o sequestro e acionaram imediatamente a polícia, que emitiu um alerta geral e saiu em perseguição ao carro. Sob a mira das armas, o casal foi obrigado a dirigir pela BR-104 e já na AL-205, em Santana do Mundaú, o carro foi abordado por várias viaturas policiais.
Mirele foi atingida na coxa e socorrida sem risco de vida até o hospital regional de União. Um dos suspeitos, identificado como José Amâncio Muniz Barreto, de 18 anos, atirou contra a guarnição e também terminou ferido. Ele foi levado até o Hospital Geral do Estado (HGE), com uma perfuração no pulmão.
No caminho para o HGE, Amâncio confirmou que o trio queria cometer assaltos no centro da cidade. Um revólver calibre 38 foi apreendido.
Por Dayane Laet TNH1

Homem sofre tentativa de homicídio em Aquidabã, cidade do Médio Sertão de Sergipe

A onda de violência continua amedrontando a população sergipana. Na noite dessa quarta-feira, 26, uma nova tentativa de homicídio foi registrada no município de Aquidabã, região sertaneja de Sergipe, deixando a população ainda mais assustada. 
De acordo com informações da Polícia Militar, a tentativa de homicídio ocorreu na região dos Conjuntos João Alves e Eurico de Souza. 
Dois homens armados se aproximaram de um jovem identificado como Bombinha e efetuaram diversos disparos de arma de fogo contra o mesmo, que não foi atingido por nenhum dos projéteis. 
Após o ocorrido, a dupla evadiu-se do local por um matagal. A Polícia Militar realizou buscas na região, mas não conseguiu localizar os indivíduos. 
Da Redação, com Informações Pingou Noticias

Presidente do Senado é internado em UTI após desmaio na madrugada

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), foi internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital de Brasília nesta quinta-feira após sofrer um desmaio de madrugada, mas exames de imagem apresentaram resultados normais, informou o Hospital Santa Lúcia.
"Encontra-se no momento internado na UTI, mantendo observação. Apresenta-se hemodinamicamente estável, sem necessidade de uso de drogas vasoativas. Reavaliações periódicas serão realizadas no decorrer do dia", acrescentou o hospital em boletim.
Segundo a assessoria do senador, inicialmente pensou-se que Eunício havia sofrido um Acidente Vascular Cerebral, o que acabou não se confirmando nos exames. O presidente do Senado foi atendido primeiramente em uma clínica da capital federal e posteriormente transferido ao Santa Lúcia, acrescentou.
Foto: Agência Senado
Por Ricardo Brito / Reuters

Passageiros de micro ônibus da Coopertalse são assaltados no interior de Sergipe

No inicio da tarde de ontem (quarta-feira, 26), quatro assaltantes armados com facas e revolveres entraram em um micro ônibus da Coopertalse - Cooperativa de Transporte Alternativo de Sergipe - no município de Estância, no trecho da Rodovia próximo da divisa com o município de Umbaúba, região Sul de Sergipe, e roubaram os passageiros.

Os meliantes levaram todos os pertences dos passageiros da linha do transporte alternativo.

Enquanto dois deles faziam o ‘cata’ nos passageitos, um ficou na porta do veiculo e o outro do lado de fora do transporte vigiando a área do acostamento.

Depois do terror promovido no ônibus, os ladrões fugiram para destino ignorado.

A policia judiciária de Estância investigará a ocorrência.

Foto: Imagens Circuito Segurança Empresa
Da Redação

Bancários fecham agências de Alagoas na sexta-feira em adesão à Greve Geral

Os bancários de Alagoas informaram, nesta quarta-feira (26), que por causa da adesão da categoria à Greve Geral, amanhã (sexta-feira, 28) as agências bancárias ficarão fechadas no estado.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Bancários de Alagoas, Jairo França, as agências só retomam as atividades na terça-feira (2), após o feriado do Dia do Trabalhador.
"Todas as instituições públicas e privadas estarão fechadas devido à Greve Geral, voltando ao funcionamento normal apenas da terça-feira (2), já que segunda é feriado", explica.

Após paralisarem as atividades nas agências, os bancários participarão, no final da tarde do dia 28, do ato público na Praça Centenário, onde estarão presentes representantes das centrais sindicais, entidades de classe e movimentos sociais, além de estudantes e sociedade civil organizada.

A categoria protesta contra a Lei da Terceirização, que é quando uma empresa contrata trabalhadores por intermédio de uma terceira companhia e que regulamenta também a prestação de serviços temporários.

Fonte: Gazetaweb

Rodoviários de Sergipe decidem não aderir à greve geral

O Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários (Sinttra) afirmou que não irá aderir à greve geral programada para a próxima sexta-feira, 28, como forma de protesto às reformas trabalhista e da previdência social, propostas pelo Governo Federal.

Em nota, a categoria justificou o posicionamento. “O Sinttra repudia veementemente as reformas no formato em que se encontram, haja vista que mais uma vez o trabalhador será o maior prejudicado. No entanto, considerando que o transporte público rodoviário é um serviço essencial, decidimos não paralisar as atividades”.

Greve geral

A concentração está marcada para as 14h, na praça General Valadão. Segundo a Central Única dos Trabalhadores (CUT), mais de 40 sindicatos aderiram à manifestação. Na tarde desta quarta-feira, 26, as categorias estão reunidas para definir alguns pontos do movimento.

O projeto de reforma trabalhista (PL 6787/16) deve ser votado na noite de hoje, na Câmara dos Deputados. O relatório foi aprovado na última terça, 25, por 27 votos a 10.
Foto: Arquivo Infonet
Por Victor Siqueira e Aisla Vasconcelos Infonet

Temer decide cortar ponto de servidores que entrarem em greve

O presidente Michel Temer decidiu que cortará o salário dos servidores que participarem da greve geral convocada para esta sexta-feira. A decisão foi tomada em reunião com os ministros, na segunda-feira, de onde saiu o anúncio de que os detentores de mandatos seriam exonerados para votar a reforma da Previdência na Câmara.
Segundo relatos dos presentes, a ideia ventilada foi reforçada pelo ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, e em seguida por Temer, que endossou a decisão. A decisão foi adotada também pelo prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), que já afirmou que vai cortar o ponto de funcionários da prefeitura que aderirem à greve na sexta-feira.
A ideia do presidente é manter ao máximo o tom de normalidade no dia da greve. Ele ficará em Brasília e trabalhará normalmente. O governo avalia que a mobilização não sairá das capitais e espera que não seja transmitida a imagem de "grande greve nacional". Haverá um forte esquema de segurança na Esplanada dos Ministérios, que ficará fechada, e que vai incluir revista de bolsas. A segurança ficará a cargo da Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal.
Em outubro do ano passado, o Supremo Tribunal Federal (STF) validou o corte de ponto de servidores que aderissem a paralisações. Há um decreto que permite o corte de ponto de servidores que aderirem a greves, mas isso nunca ocorreu nos governos petistas de Lula e Dilma.
PROTOCOLO VALE A PARTIR DE SEXTA
O governo de Brasília assinará nesta quinta-feira um novo protocolo para a segurança em protestos na área central da cidade. O primeiro dia em vigor será justamente na sexta-feira, dia com promessa de greve geral e manifestações.
Nesta quarta-feira, mais de 40 pessoas participaram de uma reunião no Palácio do Planalto para que fosse apresentado o texto final desse protocolo. O objetivo é definir responsabilidades, condutas e horários para lidar com manifestações. Na Esplanada de Brasília, há cerca de 50 órgãos, locais e federais.
A Esplanada dos Ministérios pode ter, no intervalo de poucos metros, uma área de atribuição das Forças Armadas, Gabinete de Segurança Institucional da Presidência, Polícia Legislativa, Polícia Civil ou Polícia Militar, por exemplo.
Na Copa do Mundo e na Olimpíada do Rio ? que tiveram jogos de futebol na capital federal ?, protocolos específicos foram assinados, mas tiveram duração atrelada aos eventos. Agora, a intenção é fixar um texto.
Foto: Credito NBR
 Por O Globo

Polícia prende suspeitos de participação na morte de sargento da PM

As Polícias Civil e Militar de Alagoas prenderam no fim da manhã desta quarta-feira, 26, dois homens e apreenderam um menor suspeitos de participarem do assalto a uma van na BR-316, que vitimou o sargento da PM Renildo Ferreira, no município de Atalaia.
Eles ainda não tiveram nomes e idades reveladas. Um dos homens e o adolescente foram presos no município de Chã do Pilar, enquanto o outro suspeito foi abordado na estrada, quando se dirigia para Maceió.
O delegado da cidade, Igor Diego, afirmou ao TNH1, que os três são suspeitos de integrarem uma organização criminosa que agia no município. O delegado também informou que outro suspeito de participação no crime ainda está foragido.
O militar morreu após reagir à abordagem dos assaltantes e atirar contra um deles. Na troca de tiros, vítima e assaltante foram atingidos e mortos. O suspeito morto foi identificado como Maciel da Silva, de 22 anos, conhecido como “Dentinho”, e já tinha passagem pela polícia em 2013 por tentativa de homicídio.
O crime
A abordagem dos assaltantes ocorreu na BR-316, em Atalaia, na manhã de hoje. O sargento Renildo costumava conduzir o veículo de transporte alternativo, mas estava como passageiro quando os suspeitos anunciaram o assalto. Ele ia assumir a direção em seguida.
Testemunhas relataram que três suspeitos fingiram ser passageiros e anunciaram o assalto entre o povoado de Branca de Atalaia e o município de Atalaia.
Do TNH1

Reforma trabalhista é aprovada na Câmara Federal

Entre as mudanças na legislação trabalhista que constam no texto-base da reforma trabalhista aprovada pelo plenário da Câmara nesta quarta-feira (26), a prevalência do acordado sobre o legislado é considerada a “espinha dorsal”. Esse ponto permite que as negociações entre patrão e empregado, os acordos coletivos tenham mais valor do que o previsto na legislação. O texto mantém o prazo de validade de dois anos para os acordos coletivos e as convenções coletivas de trabalho, vedando expressamente a ultratividade (aplicação após o término de sua vigência).

Foi alterada a concessão das férias dos trabalhadores, com a possibilidade da divisão do descanso em até três períodos, sendo que um dos períodos não pode ser inferior a 14 dias corridos e que os períodos restantes não sejam inferiores a cinco dias corridos cada um. A reforma também proíbe que o início das férias ocorra no período de dois dias que antecede feriado ou dia de repouso semanal remunerado.

A contribuição sindical obrigatória é extinta. Atualmente o tributo é recolhido anualmente e corresponde a um dia de trabalho, para os empregados, e a um percentual do capital social da empresa, no caso dos empregadores.

Trabalho intermitente

A proposta prevê a prestação de serviços de forma descontínua, podendo o funcionário trabalhar em dias e horários alternados. O empregador paga somente pelas horas efetivamente trabalhadas. O contrato de trabalho nessa modalidade deve ser firmado por escrito e conter o valor da hora de serviço.

O texto retira as alterações de regras relativas ao trabalho temporário. A Lei da Terceirização (13.429/17), sancionada em março, já havia mudado as regras do tempo máximo de contratação, de três meses para 180 dias, consecutivos ou não. Além desse prazo inicial, pode haver uma prorrogação por mais 90 dias, consecutivos ou não, quando permanecerem as mesmas condições.

A medida estabelece uma quarentena de 18 meses entre a demissão de um trabalhador e sua recontratação, pela mesma empresa, como terceirizado.

Para evitar futuros questionamentos, o substitutivo define que a terceirização alcança todas as atividades da empresa, inclusive a atividade-fim (aquela para a qual a empresa foi criada). A Lei de Terceirização não deixava clara essa possibilidade. A legislação prevê que a contratação terceirizada ocorra sem restrições, inclusive na administração pública.

O projeto também regulamenta o teletrabalho. O contrato deverá especificar quais atividades o empregado poderá fazer dentro da modalidade de teletrabalho. Patrão e funcionário poderão acertar a mudança de trabalho presencial na empresa para casa.

Ativismo judicial

Entre as medidas aprovadas no projeto, está a que impede o empregado que assinar a rescisão contratual questioná-la posteriormente na Justiça trabalhista. Outro ponto é a limitação de prazo para o andamento das ações. “Decorridos oito anos de tramitação processual sem que a ação tenha sido levada a termo [julgada], o processo será extinto, com julgamento de mérito, decorrente desse decurso de prazo”.

O projeto incluiu a previsão de demissão em comum acordo. A alteração permite que empregador e empregado, em decisão consensual, possam encerrar o contrato de trabalho. Neste caso, o empregador será obrigado a pagar metade do aviso prévio, e, no caso de indenização, o valor será calculado sobre o saldo do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). O trabalhador poderá movimentar 80% do FGTS depositado e não terá direito ao seguro-desemprego.

Atualmente, a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) prevê demissão nas seguintes situações: solicitada pelo funcionário, por justa causa ou sem justa causa. Apenas no último caso, o trabalhador tem acesso ao FGTS, recebimento de multa de 40% sobre o saldo do fundo e direito ao seguro-desemprego, caso tenha tempo de trabalho suficiente para receber o benefício. Dessa forma, é comum o trabalhador acertar o desligamento em um acordo informal para poder acessar os benefícios concedidos a quem é demitido sem justa causa.

Causas trabalhistas

Entre as mudanças feitas está a dispensa de depósito em juízo para recorrer de decisões em causas trabalhistas para as entidades filantrópicas e sem fins lucrativos, para as empresas em recuperação judicial e para os que tiverem acesso à justiça gratuita.

Na atribuição de indenização em ações por danos morais relacionados ao trabalho, Marinho criou uma nova faixa de penalidade pecuniária para a ofensa considerada gravíssima que será de 50 vezes o salário contratual do ofendido. A ofensa de natureza grave será penalizada com indenização de até 20 vezes o salário.

Quanto ao mandato do representante de trabalhadores em comissão representativa junto à empresa, Marinho retirou a possibilidade de recondução ao cargo, cuja duração é de um ano.

Foto Fábio Rodrigues/ Agencia Brasil

Da Agencia Brasil

quarta-feira, 26 de abril de 2017

Jovem sofre tentativa de homicídio na noite desta quarta-feira (26) em Piranhas (AL)

Foto: Ilustração
Por volta das 20 horas desta quarta-feira (26), o jovem Claudio Teles, de 23 anos, foi atingido com um tiro no rosto na rua Barra de São Miguel, próximo ao Clube Pajuçara, Bairro Xingó, na cidade de Piranhas, sertão alagoano.

Claudio, atingido no rosto (Foto: Rede Social)
O jovem, que se encontrava dentro da casa da namorada, foi chamado por um homem que chegou ao local de moto e, após alguns instantes conversando na calçada, o autor que estava de capacete atirou no rosto e saiu tranquilamente conduzindo a moto.

Claudio foi socorrido por um vizinho da mãe da namorada e levado para o Hospital de Xingó, e será encaminhado para o Hospital de Arapiraca. Segundo as redes sociais do Claudio, a informação diz que ele é natural de São Jose da Tapera (AL) e reside na cidade sergipana de Simão Dias.

Não há informação que arma foi utilizada pelo autor do disparo, e nem da motivação da tentativa de homicídio. Após o disparo que atingiu o jovem, muitos gritos e correria na rua foram registrados pela vizinhança. 

A polícia esteve no local para colher informações. O caso será investigado pelo Delegado Distrital de Piranhas.

Da Redação

Lula chama Procurador Dallagnol de "moleque"

Seminário que Lula chorou, chamou Dallagnol de ‘moleque’ e desdenhou da religião do procurador, volta a repercutir

O ex-presidente se dizia ofendido, porque, segundo ele, Dallagnol teria dito que "o PT foi montado para ser uma organização criminosa, e que quando ele (Lula) foi montar o governo era para montar uma organização criminosa".

Em seguida, afirmou: "O que aquele moleque conhece de política? Ele nem sabe como se monta um governo. Não tem a menor noção. Ele acha que sentar sobre a bíblia dele dá solução de tudo, e não dá". Dallagnol é membro da igreja Batista.

Diante da expectativa do depoimento de Lula que será no dia 10 de maio, interrogatório que estava marcado para o próximo dia 03 mas foi adiado pelo juiz Moro a pedido da Policia Federal, em virtude do planejamento de segurança, volta a repercutir o que o ex presidente disse a respeito do Procurador Deltan. Segundo comentaristas políticos e jornalistas que acompanham a Lava Jato, Lula poderá ser surpreendido pelo que anda dizendo.

Foto: TVSAJ
Da Redação, com O Antagonista

Apresentador da Record TV morre depois de passar mal em voo

Na última segunda-feira, 24, Jota Júnior, apresentador do Cidade Alerta da Paraíba, morreu depois de passar mal durante um voo. Ele sofria de bronquiectasia e, a caminho de Porto Alegre, onde continuaria seu tratamento, teve queda de pressão.
O avião já teria de parar em Belo Horizonte para abastecer e os médicos que acompanhavam o apresentador acharam melhor que ele fosse para o hospital. Internado, ele sofreu uma parada cardíaca e não resistiu.
Jota Júnior estava afastado da TV Correio, afiliada da Record TV na Paraíba, desde março de 2016, para tratamento de saúde.
No Facebook, a emissora lamentou a morte do apresentador. "Seu carisma, profissionalismo e história permanecem e viverão para a prosperidade. A família Correio, de luto, presta a solidariedade à família, amigos e fãs."
Do Estadão Conteúdo

Dois menores são esfaqueados em escola pública de cidade ribeirinha de Sergipe

Nesta quarta-feira, 26, dois menores se envolveram em uma briga dentro de uma escola da rede municipal de Educação, da cidade de Telha, região do Baixo São Francisco sergipano, e ficaram feridos à faca.

Segundo informações de leitores do ENGENHO, os dois alunos brigaram e, de posse de facas, foram feridos devidos a investidas de ambos, que por pouco não aconteceu uma tragédia.

Os dois menores foram levados para o Hospital Regional de Propriá e não correm risco de morte.

A Redação tentou falar com a secretaria de Educação do município mas obteve êxito nas ligações.

O Conselho Tutelar do município irá apurar o ocorrido.

Foto: Credito viajandotodoobrasil.com.br
Da Redação

Morre aos 79 anos o jornalista, professor e advogado Carlos Chagas

Morreu nesta quarta-feira (26) o jornalista, professor e advogado Carlos Chagas, pai da ex-ministra-chefe da Secretaria de Comunicação Helena Chagas. Nascido em Três Pontas, em Minas Gerais, e morador de Brasília, ele iria completar 80 anos no próximo dia 20 de maio.

O velório do jornalista está previsto para as 10h desta quinta (27), na capela 7 do cemitério Campo da Esperança da Asa Sul. O corpo deve ser sepultado às 16h, no mesmo local.

Em uma rede social, a ex-ministra na gestão da ex-presidente Dilma Rousseff informou a morte do pai. "Amigos, meu pai, jornalista Carlos Chagas, acaba de falecer. Era a melhor pessoa que conheci nesse mundo."

Ao G1, Helena Chagas disse que o pai sofreu um mal súbito por volta das 6h desta quarta. "Ele já andava tendo de um ano para cá alguns problemas circulatórios, teve esquemia sem sequelas. Hoje foi um mal súbito. Entrou na UTI e estourou um aneurisma de aorta. Com isso, sei que ele não sofreu."

Segundo ela, sem saber, o pai "convocou" a família para uma última reunião ainda no hospital.

Do G1 DF

EXCLUSIVO: Lula garante candidatura em 2018

Em entrevista exclusiva ao jornalista Kennedy Alencar, do SBT, o ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva falou sobre a expectativa para seu depoimento ao juiz Sérgio Moro, marcado para o dia 10 de maio. 

Durante a semana, Moro afirmou que pode rever a decisão de exigir a presença do ex-presidente nas audiências das 87 testemunhas arroladas no processo em que ele é réu desde que a defesa também reconsidere o número de testemunhas. 'Se for necessário, eu mudo para Curitiba e fico lá o tempo necessário para esperar o julgamento. A gente não vai abrir mão de uma testemunha que nós consideramos importante para esclarecer a opinião pública', afirmou Lula. 

Ainda durante a entrevista, Lula assume que quer ser candidato à Presidência da República em 2018. 'Eu agora quero ser candidato. As pessoas sabem que eu sei, sabem que eu já fiz e sabem que eu posso consertar esse país', afirmou.

A entrevista com o ex-presidente Lula vai ao ar nesta quarta-feira (26), às 19h45, no SBT Brasil.

Da Redação, com SBT