domingo, 31 de julho de 2016

Show de Wesley Safadão é marcado por vaias em Roraima

O cantor Wesley Safadão se apresentou na madrugada deste sábado (30) em Boa Vista, em Roraima, e contou com uma situação nada agradável. Segundo informações do 'G1', o show foi marcado por som baixo e vaias do público.
Tudo começou após a terceira música que Safadão puxou. O som foi reduzido e os fãs logo começaram a questionar "cadê o som?", puxando em seguida diversas vaias. O músico seguiu com a apresentação, mas como as vaias persistiram, ele precisou interromper a performance para se justificar.

Segundo Wesley, o problema teria sido motivado por respeito às normas ambientais, pois, de acordo com a organização do evento, a Companhia de Policiamento Ambiental (Cipa) fez uma solicitação para que o volume fosse reduzido. Constrangido, o artista afirmou não ter ficado satisfeito com a qualidade do som.
O problema durou e algumas pessoas chegaram a jogar garrafas de água no técnico de som do cantor. Ele, então, pediu que elas parassem, já que o profissional não tinha culpa. De acordo com o 'G1', o problema durou cerca de 15 minutos e em seguida foi normalizado.

Por ibahia

ALAGOAS : Funcionários de supermercado furtam 3 mil sacos de leite em pó

Agentes da Delegacia Especializada de Roubos da Capital (DERC), comandados pela delegada Maria Angelita, prenderam, em flagrante, na noite desta sexta-feira (29), dois suspeitos de furtar três mil sacos de leite em pó de um supermercado, localizado na parte alta de Maceió.
Flávio César da Conceição, de 26 anos, e Nilson Nobre dos Santos, de 27 anos, foram detidos com os alimentos subtraídos quando saiam de um supermercado localizado no bairro da Serraria.
De acordo com a delegada, eles foram investigados após denúncias anônimas que chegaram na DERC. Durante a ação, os policiais apreenderam todos os sacos de leite que foram furtados e os devolveram ao estabelecimento comercial.
“Esse crime foi cometido com abuso de confiança, porque os dois eram funcionários do local, tinham acesso ao supermercado e esperaram o momento que o vigilante não estava presente para cometer o delito”, disse a delegada.
Após a dupla ser detida, os suspeitos foram conduzidos ao Complexo de Delegacias Especializadas (Code), onde foram autuados por furto qualificado.
A delegada Angelita informou ainda que novas investigações serão realizadas com o objetivo de identificar compradores dos produtos furtados.
Tribuna Hoje, com assessoria PC/AL

Mulher morre ao ser arremessada de veículo em capotamento em Alagoas

Uma mulher morreu na manhã deste domingo (31) após ser arremessada do veículo durante um capotamento no acesso ao bairro da Mata do Rolo, no município de Rio Largo. Paula Régina da Silva, de 28 anos, não resistiu aos ferimentos e faleceu no local, já o motorista, André Augusto Vilani, de 33 anos, foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhado para um hospital particular da capital.
De acordo com a moradora Aracelli Lucena, o condutor e a vítima estavam em uma caminhonete L200 de cor prata e placas NMH-0094 em alta velocidade e ao realizar uma curva, o motorista perdeu o controle do veículo vindo a capotar em seguida. Paula Régia estava no banco de passageiros e foi arremessada por cerca de 10 metros. Ela sofreu traumatismo craniano.
Ainda de acordo com testemunhas, a polícia encontrou copos descartáveis no interior do veículo e testemunhas relataram que o condutor do veículo e a vítima estavam em uma festa próximo ao local.
Equipes do Instituo Médico Legal (IML) esteve no local para o recolhimento do corpo.
Por Rafael Maynart | Portal Gazetaweb.com

Casal gay agredido em show processa Ivete Sangalo e pede indenização de R$1,5 milhão

A cantora Ivete Sangalo foi processada por um casal gay agredido durante uma apresentação da artista, em junho deste ano, no Centro de Tradições Nordestinas (CTN), em São Paulo. 

Caio da Rocha e Daniel Camargo ajuizaram uma ação com pedido de indenização por danos morais e materiais contra a cantora, representada por sua empresa Iessi Produções e Eventos, além de processar o próprio CTN. Publicamente, Ivete Sangalo apoia as causas LGBT e se manifesta contra qualquer tipo de violência. O casal quer reparação por falta de segurança no local, além de homofobia. Eles querem indenização de R$ 1,5 milhão. 

Eles ficaram com diversas marcas de agressões em todo corpo e acusam os agressores de homofobia. Ainda nos relatos, o casal afirmou ter sido agredido por ter sido acusado de roubar uma blusa. Em entrevista para a TV Globo, eles disseram que foram agredidos pelos próprios seguranças do evento, e que, durante a agressão, disseram que “gay e ladrão tinha que morrer mesmo”. Relataram que sofreram com muitos chutes dos seguranças, que foram enforcados e jogados no chão. Um dos rapazes disse que as agressões começaram dentro e terminaram fora do local de show. “Lá fora ainda se persistiu por um bom tempo. Eles não se contentavam enquanto não vissem a gente sangrando, eles não iam parar”. 

O casal também afirmou que havia uma viatura da Polícia Militar no estacionamento do CTN, com dois policiais por perto, mas que nada fizeram. “A viatura da polícia estava dentro do local, no estacionamento da casa, eles viram toda a agressão, não viram desde o início, mas viram a hora que a gente estava ali fora, só que eles negaram ajuda. Disseram que eles não podiam fazer nada, eles não podiam sair dali, que era para gente ligar no 190”, relata Rocha.

Do Bahia Notícias

sábado, 30 de julho de 2016

ATENÇÃO: Jovens deixam veiculo locado que estava desaparecido em Canindé depois de repercussão no ENGENHO DE NOTICIAS

Imagem Meramente Ilustrativa
Depois do desespero do proprietário do Veiculo Ford, modelo Fiesta de placas ORF 6989 - Piranhas (AL), que tinha sido locado na tarde da última quinta-feira (28) por um homem e por um casal de adolescentes, publicado neste sábado no Blog ENGENHO DE NOTÍCIAS, e que estava desaparecido sem noticias, finalmente, foi localizado.

Neobaldo, proprietário do veiculo e residente no Bairro Xingó, depois da repercussão do ENGENHO DE NOTÍCIAS, foi comunicado de que os jovens deixaram o veiculo na cidade de Canindé de São Francisco (SE), nas proximidades de uma casa de uma amiga dos jovens.

De acordo com as informações passadas para a redação do Blog, os jovens estavam com o veiculo locado na cidade de Coronel João Sá, na Bahia, participando de uma festa.

O proprietário já se dirigiu à cidade de Canindé para se apropriar do veiculo e irá comunicar as autoridades policiais o aparecimento do carro.

Leia a matéria que originou o desespero do proprietário do veiculo, acessando o link http://engenhodenoticias.blogspot.com.br/2016/07/homem-e-casal-de-adolescentes-alugam.html

Da Redação

EXCLUSIVO: Capotamento com vitima fatal em Canindé, sertão de SE

Foto: Grupo Whatsapp
Na manhã desta sábado (30), mais um acidente no sertão de Sergipe tirou a vida de um dos ocupantes de um veiculo de cor branca, ainda com placas e modelo não identificados, acidente que ocorreu nas proximidades do Povoado Capim Grosso, zona rural de Canindé de São Francisco.

Segundo informações de leitores do Blog ENGENHO DE NOTÍCIAS, o veiculo capotou na rodovia e estavam duas pessoas, sendo que uma delas foi a óbito no local.

Mais informações a qualquer momento.

Da Redação

Colisão de carro com moto deixa homem com fratura exposta em Canindé

Condutor detido por populares
 (Fotos: Grupo Whatsapp)
Na tarde deste sábado (30), por volta das 12:50 hs, uma colisão envolvendo um veiculo da Chevrolet, modelo Agile, de cor vermelha, e uma moto, provocou fratura exposta no motociclista, na avenida João Alves, nas proximidades da Igreja Assembléia de Deus, na cidade de Canindé de São Francisco, sertão de Sergipe.

De acordo com as primeiras informações, o condutor apresentava sinais de embriaguez e foi detido por populares que passavam pelo local.

O motociclista quebrou a perna e foi identificado pelo prenome de Marquinhos; A vitima foi socorrida e levado pelo SAMU para o Hospital de Urgências de Aracaju.

Mais informações a qualquer momento.

Da Redação

Homem e casal de adolescentes alugam carro e desaparecem com o veiculo em Piranhas

Imagem Meramente Ilustrativa
O proprietário do veículo Ford, modelo Fiesta de placas ORF 6989 - Piranhas (AL), de cor prata, locou o carro para um homem que chegou acompanhado de um casal de adolescentes, na tarde da última quinta-feira (28), e até o momento não obteve informações do paradeiro do locatário.

Neobaldo, proprietário do veiculo e residente no Bairro Xingó, foi procurado no primeiro momento pelo casal de jovens que perguntaram se ele era o tio de Jonh, dizendo serem amigos dele e, com a resposta afirmativa, os jovens demonstraram conhecer o sobrinho de Neobaldo, dizendo que precisavam ir a um casamento na cidade de Olho D Água do Casado e quanto cobrava por uma diária do veiculo. Neobaldo respondeu que não fazia locação e muito menos entregaria o veiculo a menores de idade, foi então que o casal de adolescentes retornou no final da tarde acompanhado de um homem, que chegou em uma moto pop, e convenceram a locação.

O número do telefone de contato deixado pelo homem e pelo casal de adolescentes, não dá sinal de área desde a última quinta-feira, gerando desespero pela falta de noticia do veiculo.

O caso já foi registrado na Delegacia e quem tiver informações do veiculo mencionado acima, ligue para (82) 36861629 (82) 988544160

Da Redação

Dilma entrega e irrita o PT: “Quem fez falcatruas na campanha foi o PT”, sobre o caixa 2

SÃO PAULO – A presidente da República afastada, Dilma Rousseff, se esquivou de responsabilidades sobre a denúncia de caixa 2 na sua campanha de 2010 e deu a entender que o problema é do PT em entrevista para a Rádio Educadora, de Uberlândia (MG), na manhã desta quarta-feira, 27.

O publicitário João Santana e sua mulher e sócia, Mônica Moura, alegaram na semana passada que US$ 4,5 milhões recebidos em uma conta na Suíça tiveram como origem caixa 2 da campanha de Dilma. O casal foi interrogado em Curitiba pelo juiz Sérgio Moro, responsável pelos processos da Operação Lava Jato na primeira instância.

“Se ele recebeu US$ 4,5 milhões, não foi da organização da minha campanha, porque ele diz que recebeu isso em 2013. A campanha começa em 2010 e, até o fim do ano, antes da diplomação, ela é encerrada. Tudo que ficou pendente sobre pagamentos da campanha passa a ser responsabilidade do partido.

Minha campanha não tem a menor responsabilidade sobre em que condições pagou-se dívida remanescente da campanha de 2010. Não é a mim que você tem de perguntar isso. Ele (João Santana) tratou essa questão com a tesouraria do PT”, afirmou Dilma.

Por Brasil Verde Amarelo  (http://linkis.com/com/nnA9G)


Radialista sergipano Eduardo Abril morre aos 53 anos

Foto: Humberto Alves F5news
A comunicação sergipana está de luto. Faleceu nesta sexta-feira (29), no Hospital Cirurgia, o radialista Eduardo Abril, 53 anos. Ele passava por problemas diabéticos, já tinha sofrido um AVC e morreu em decorrência de complicações cardiovasculares, de acordo com familiares.

Natural do município de Santa Luzia do Itanhy, Abril se apaixonou pelo rádio ainda na adolescência. Aos 14 anos, tornou-se ouvinte assíduo da Rádio Esperança, da cidade de Estância, aonde mais tarde viria ocupar os microfones como locutor esportivo. Na emissora ele permaneceu por três anos e só saiu por conta da chance de uma projeção maior na carreira de radialista, na Rádio Jornal AM.

Seu Anastácio, como ficou conhecido, também passou pela rádio Progresso de Lagarto, FM Aparecida do Grupo Reis, Rádio Liberdade AM em Aracaju, Fm Sergipe, e ainda na FM Itabaiana e Rádio Capital do Agreste. O profissional também atuou em emissoras de televisão do país, como a extinta TV Manchete e a TV Bandeirantes.

Nas redes sociais, colegas do radialista lamentam sua partida e enaltecem o legado que ele deixa na história da comunicação sergipana. “Carregarei sempre comigo a gratidão e o orgulho de ter Eduardo Abril como amigo. Descanse em paz!”, declarou o jornalista Paulo Rolemberg

“Pois é, infelizmente o nosso Anastácio se foi. Mais uma grande personalidade do rádio se esvai, deixando um legado sólido na comunicação sergipana, com grandes exemplos de ética, profissionalismo, capacidade de realizações e força de vontade. Mesmo severamente doente, não queria se afastar do rádio, sua grande paixão. Cala-se uma voz eternizada nas ondas do rádio”, disse o jornalista Márcio Rocha, que trabalhou com Eduardo em 2001.

Eduardo Abril participou recentemente do documentário “Memória do Rádio Sergipano” produzido pelo Sindicato dos Radialistas de Sergipe em parceria com F5 News. O projeto será lançado no final deste ano.

Despedida

O velório acontece a partir das 17 horas desta sexta no velatório Piaf, na Rua Laranjeiras, no Centro da capital sergipano. O sepultamento ocorre às 10h deste sábado, no cemitério São João Batista, zona Oeste da capital.

Do /F5 News

PEDRO ALEXANDRE : Ex-prefeito é assassinado na porta do Mercado da cidade neste sábado

O ex prefeito Petrônio Gomes do município de Pedro Alexandre, Bahia, foi assassinado neste sábado (30), por volta das 6:45,na feira livre da cidade, entrada do mercado da carne.

Petrônio, mesmo com alguns seguranças, foi surpreendido por dois elementos que estavam em uma moto e dispararam dois tiros de escopeta, matando-o no local.

Com o acontecimento, a feira praticamente acabou e a população está assustada.

Petrônio estava inelegível para as eleições de 2016, e já foi prefeito por duas vezes de Pedro Alexandre. 

Da Redação, Com Informações Itabaiana News 

Servente conta como foi envolvido em esquema por secretário de Canapi

O servente do pedreiro José Santos da Silva, um dos envolvidos no esquema de abertura de contas bancárias para desvio de dinheiro público da Prefeitura de Canapi, contou à Polícia Federal como foi “convidado” a participar da ação criminosa.

Ele disse que o secretário municipal Jorge Valença Neves Neto o chamou para abrir a conta e o levou até o banco. Apesar de ser no nome de José Santos, a conta só é movimentada pelo secretário.

Segundo a investigação da PF e Ministério Público Estadual, na conta já foram depositados quase R$ 1 milhão. 
Do TNH

CANAPI : Esquema usava contas de vendedor de picolé e vigilante para desvio de verba pública

 Crédito: Ascom MPE
Durante investigação realizada na cidade de Canapi em parceria com a Polícia Federal, o Ministério Público Estadual (MPE) descobriu a existência de um esquema de procurações com o objetivo de desviar recursos públicos do município.
Por meio de comprovações nos cartórios de registro e notas, constatou-se que Carlos Alberto dos Anjos da Silva, atual secretário de Finanças, foi constituído “procurador com poderes ilimitados” para representar e movimentar as contas correntes ou poupança de um vendedor de picolés, Pedro Alves da Silva, e Lucileide Canuto dos Anjos Silva. Esta última, esposa do secretário. Eles receberam, em apenas 13 meses R$ 1.723.427,06 e R$ 886.375,67, respectivamente.
Pedro Alves da Silva, para ter sido beneficiado com esse pagamento, precisaria ser dono de dois tratores de esteira 7D, dois caminhões Volvo FG440 e um caminhão Mercedes Benz 1418, veículos que constam nos contratos.
“Pedro Alves ou Pedro Galvão, em verdade, possui como atividade profissional a singela comercialização de picolés caseiros, levada a efeito com o uso de um carrinho, por ele pessoalmente conduzido ao longo das ruas e logradouros de Mata Grande, o que torna até risível a esdrúxula a tentativa de transmutá-lo em empresário de expressão. É pessoa notoriamente pobre, que subsiste à custa de parcos recursos oriundos de um benefício previdenciário. Sua família é também beneficiária do programa Bolsa Família”, alega o MPE/AL.
Inclusive, em depoimento prestado à Polícia Federal, o vendedor de picolés confirmou que jamais chegou em suas mãos qualquer centavo desse montante. “é agricultor; tem pouca leitura; mal sabe assinar o nome; recebe um benefício social do INSS; abriu uma conta no Banco do Brasil há muito tempo quando trabalhou na Prefeitura de Mata Grande como vigia; nunca foi dono de construtora; nunca foi dono de locadora de veículo; nos meses de dezembro de 2015 e janeiro e fevereiro de 2016 não prestou nenhum serviço para o município de Canapi; nunca recebeu dinheiro da Prefeitura de Canapi; chegou ao conhecimento do declarante que foram depositados mais de R$ 600.000,00 em sua conta; nunca recebeu esse dinheiro”, diz um trecho do termo de declaração prestado por Pedro Alves da Silva.
Já Lucileide figura como contratada pelo aluguel de um caminhão VW ao Executivo. “Lucileide possui com única atividade remunerada conhecida a percepção de proventos pelo cargo de professora da rede municipal de Canapi. Não é titular de qualquer empresa registrada em seu nome. Ademais, em sua movimentação financeira, inexistem quaisquer registros que indiquem ter a mesma adquirido veículos de grande porte”, revela ação.
Jorge Valença Neves Neto, também secretário municipal, é o outro homem com poderes de procuração. É um conhecido comerciante em Canapi, possui um mercadinho na cidade, e há também informações de que emprestaria dinheiro a juros, exercendo assim a atividade de agiotagem. Segundo o que foi apurado até o momento pelo Ministério Público, ele teria emprestado dinheiro para o custeio da última campanha a prefeito de Celso Luis.
Jorge Valença Neves Neto aparece como procurador de oito pessoas apontadas como “laranjas” pelo Ministério Público. José Santos Silva seria um deles e, da sua conta, o denunciado teria movimentado R$ 806.656,98. E para tal pagamento, o José teria que ter locado um carro-pipa ao Município. Porém, ele é dono apenas de uma caminhonete GM/Chevrolet D10 e de um Fiat Uno Mille.
“Diante de tais fatos, o Ministério Público supõe que, em verdade, diferente do quanto intenta demonstrar o prefeito municipal, está-se diante de um escandaloso esquema destinado a desviar recursos públicos, através da utilização dessas pessoas como “laranjas”, as quais possuem suas contas-correntes e contas-poupança disponibilizadas apenas para encobrir o real destinatário do dinheiro. Diante do quanto apurado até o momento, os fortes indícios apontam para o uso desses recursos desviados do município para o custeio de campanhas políticas e para o enriquecimento ilícito dos envolvidos e de terceiros, de acordo com os interesses do chefe maior do esquema, o prefeito de Canapi, Celso Luiz.
Afastamento dos cargos e bloqueio de bens
O Ministério Público pediu o afastamento de todos os acusados dos cargos que ocupam. Para os autores da ação, se permanecerem nas funções, eles vão dificultar a continuação das investigações.
“Em primeiro lugar, os demandados, na condição de prefeito, secretários e servidores municipais, estariam ocultando documentos ou lhes dificultando o acesso, documentos esses essenciais às investigações. Aliás, em relação aos documentos já apresentados ao Ministério Público, há indícios de produção de verdadeira fantasia documental com o fito de se criarem dificuldades à elucidação dos fatos. Em segundo lugar, para evitar a repetição de novos atos de improbidade administrativa, que vêm sendo realizados mês a mês de forma rotineira e abusiva. E em terceiro lugar, a fim de se permitir a livre coleta de novas provas para instruir a investigação desenvolvida pelo Ministério Público, inclusive com a oitiva de munícipes e servidores da Prefeitura, os quais podem se sentir intimidados”, argumentou o MPE/AL.
Também foi requisitado o bloqueio de bens de todas as pessoas alvo da ação. “Com vistas a assegurar o ressarcimento do prejuízo causado ao erário durante o período investigado, em face das condutas praticadas pelos demandados, requer o Ministério Público, em sede de juízo de urgência, o bloqueio de bens de todos os investigados, sob pena de ineficácia da medida final a ser ulteriormente pleiteada, que visa recuperar os valores indevidamente desviados dos recursos públicos”, pediram os promotores.
Do TNH Com Ascom MPE

PM’s sergipanos poderão deflagrar “greve branca” nos próximos dias

O policiamento ostensivo no estado de Sergipe está prestes a paralisar efetivamente. Não bastasse o caos na segurança pública e o recorrente aumento da violência, agora aos cidadãos de bem caberá a autoproteção social.
Com salários atrasados e pagos parceladamente, sem GRAE, obrigados a trabalhar usando viaturas sucateadas, policiais militares se articulam para uma paralisação em reivindicação ao que consideram descaso por parte do Governo do Estado, justificado por muitos pela falta de transparência nas negociações de reposição salarial, ou mesmo sobre as questões de subsídio e promoção por tempo de serviço (PTS).
Além do atraso, a defasagem salarial, falta do *Plano de Carreira* para as praças, ticket alimentação diário de apenas R$ 8, inexistência de um regulamento próprio, definição de Carga Horária Específica (36 horas), adicional noturno, estão entre as principais reivindicações negadas, de acordo com eles, há décadas.
A nós, pagadores de impostos, cabem somente a observação e a clemência a Deus para que as ruas, ao invés de vias de livre circulação, não sejam transformadas por criminosos em áres de cobrança de pedágio, onde o preço a ser pago possa ser a vida. Enquanto trabalhadores, fica o repúdio ao não cumprimento do que deveria ser a certeza do empregado: o pagamento pelo suor derramado.
A decisão coletiva sobre a "greve branca" será tomada na segunda-feira (1°).
Por Iane Gois Itnet

Desvio de R$ 10 milhões em Canapi beneficiou quase 20 servidores

Foto: João Urtiga / Alagoas 24 Horas
Cerca de 20 servidores da Prefeitura de Canapi são suspeitos de receberem parte do desvio de R$ 10 milhões oriundos de verbas do Fundef repassados ao município. A informação foi repassada pelo promotor Anderson Claudio, do Ministério Público Estadual (MPE), durante a divulgação da operação “Triângulo das Bermudas”, deflagrada na manhã desta sexta-feira (29), pela Polícia Federal (PF), e apresentada na sede da própria PF, no Jaraguá.
De acordo com o promotor, além do prefeito Celso Luiz, de dois secretários (de Finanças e Assuntos Estratégicos), da esposa do secretário de Finanças e dois chefes da controladoria interna denunciados no esquema há ainda outros 20 nomes de servidores que teriam recebido em quantia “volumosa” do dinheiro e que devem ser investigados.
“O caminho utilizado para obtenção de recursos públicos foi o pior possível. Eu, em 20 anos de MPE, confesso que talvez não tinha visto algo tão tenebroso desde a Operação Taturana [deflagrada pela PF em 2007 e que terminou com a prisão de nove deputados]. É de causar repulsa para qualquer profissional”, destaca a também promotora Carla Padilha, que acompanhou o caso.
O dinheiro deveria ser utilizado em obras estruturantes para a educação do município que possui pouco mais de 18 mil habitantes. Com isso, o MPE está em fase de conclusão do inquérito e leva o processo junto com a PF, mas de antemão requereu uma ação cautelar que pediu o afastamento do prefeito do cargo e dos vários servidores envolvidos.
“A investigação tem sido desenvolvida em conjunto, nós também iremos prosseguir com o pedido da quebra do sigilo bancário e fiscal de todos os envolvidos e tão logo tenhamos o resultado, certamente nós iremos propor a ação de improbidade administrativa”, informa o promotor.
Para fazer a movimentação financeira para a conta dos servidores, segundo o MPE, os secretários teriam mobilizados “laranjas” para fazer o depósito do valor do repasse federal, antes de serem retirados pelos servidores.
Entre os intermediadores informais, um vigilante, um vendedor ambulante de picolé e pessoas ligadas ao programa Bolsa Família que não possuem patrimônio condizente com a quantia depositada em suas contas bancárias. Na visão da PF e do MPE, essas pessoas foram usadas para fazer a movimentação bancária e não tinham qualquer conhecimento da transferência milionária.
“Essa é uma fraude bastante escancarada, temos elementos bastante seguros que recursos do próprio município foram desviados através dessa prática do uso de laranjas, que nos deixou bastante escandalizados”, conclui o promotor.
Do AL 24 Horas

Bandido troca tiros com a polícia e morre após ser baleado

Adicionar legenda
As guarnições do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) e do Batalhão de Polícia Escolar (BPEsc), apreenderam nesta quinta-feira (28), armas e drogas nos bairros do Vergel do Lago e do Tabuleiro dos Martins.
Os militares do BPEsc se dirigiram ao bairro do Vergel do Lago, onde foram recebidos a tiros, mas eles revidaram durante a ação.
O autor do fato, José Gilson dos Santos Júnior, de 23 anos, residia no bairro do Trapiche da Barra, quando foi socorrido para o HGE, entrando em óbito por não resistir aos ferimentos.
Na residência dele, foram encontrados um revólver calibre 38, com quatro munições intactas e duas deflagradas, uma aparelho celular, 12 gramas de cocaína, 60 gramas de maconha e uma carta com regras do PCC.
No município de Rio Largo, a guarnição do BOPE, se dirigiu ao conjunto Mário Mafra, Quadra B7, nº 13, onde apreenderam Richarde da Conceição Oliveira, de 20 anos, o qual estava em posse de 10 gramas de maconha, oito pedras de crack e um aparelho celular.
O acusado e o material apreendido foram conduzidos para a Central de Flagrantes, onde foi autuado por tráfico de entorpecentes.
Do Cada Minuto com Ascom PM/AL

Jovem é assassinado a tiros enquanto trabalhava na COHAB no sertão de Sergipe

Ilustração
O jovem Valtevan Silva foi assassinado por volta das 16 hs de ontem (sexta, 29), em um galpão nas proximidades do Conjunto Habitacional (COHAB) de Nossa Senhora Aparecida, sertão de Sergipe.

A polícia informou que a vitima estava trabalhando com outras pessoas quando foi surpreendida por dois homens em uma motocicleta que se aproximaram e efetuaram diversos disparos de arma de fogo. 
Valtevan tentou fugir dos disparos mas não teve exito e morreu no local.
A viatura do IML já recolheu o corpo. A Polícia Civil investiga o caso.
Da Redação, Com Mais Sertão

sexta-feira, 29 de julho de 2016

Sefaz apreende carga irregular de cigarros estimada em R$ 1 milhão

Foto: Ascom/Sefaz
Um carregamento com 500 caixas de cigarros, avaliado em R$ 1 milhão, foi apreendido nesta quinta-feira, 28, durante uma fiscalização da Secretaria de Estado da Fazenda de Alagoas (Sefaz), no município de São Sebastião. A carga estava sem o devido recolhimento do ICMS.
Diante da irregularidade fiscal, as mercadorias foram encaminhadas para o depósito do Batalhão da Polícia Militar de Arapiraca, onde permanecem até as devidas correções.
A apreensão foi realizada por meio de ação conjunta das equipes volantes Agreste-Sertão e Sul, que interceptaram o carregamento em São Sebastião com destino a Arapiraca. A carreta que transportava as mercadorias desviou o itinerário para evitar a fiscalização no Posto Fiscal de Porto Real do Colégio.
O secretário de Fazenda, George Santoro disse que este é o terceiro carregamento irregular com quantidade significante de cigarros autuado pelas equipes volantes de fiscalização em menos de dois meses.
“Nossas equipes trabalham 24 horas para combater a sonegação fiscal. E desenvolvemos cada vez mais estratégias de atuação, unindo trabalho nas ruas, tecnologia e recursos humanos para ampliar a potencialidade de fiscalização e gestão do fisco”, disse.
O superintendente da Receita Estadual, Francisco Suruagy, salientou que a Sefaz não diminuirá o cerco para aqueles que insistem em atuar no mercado da ilegalidade.
Do Cada Minuto  com Ascom/Sefaz

PCC planeja matar policial alagoano após morte de suposto integrante

A morte de um suposto integrante do Primeiro Comando da Capital (PCC) em uma operação realizada nessa quinta (28), em Maceió, pode ter motivado um plano de vingança por parte da facção, gerenciada por criminosos no estado de São Paulo.

A trama da facção pode ser constatada em mensagens de WhasApp obtidas pelo Portal TNH1, compartilhada entre integrantes da SSP-AL. Nas mensagens, se diz ainda não haver detalhes quanto ao dia, à forma e ao alvo específico do PCC. As mensagens já circulam em redes sociais diversas.

O plano seria matar um policial que participou da operação, na qual foi morto José Gilson dos Santos Silva, conhecido como Gladiador, apontado como responsável pelo depósito de armas da facção em Alagoas.

A trama foi identificada pelo setor de Inteligência da Secretaria de Estado de Segurança Pública de São Paulo e a informação já foi repassada para a Segurança Pública de Alagoas, para servir de alerta aos policiais.

Em contato com o setor de Inteligência de Alagoas, o TNH1 confirmou a existência do alerta. O setor ainda pediu para que policiais militares e civis de Alagoas reforcem os cuidados com sua segurança.

Por TNH1

Após operação da PF, Justiça determina afastamento de Celso Luiz da prefeitura

FOTO: JOBISON BARROS
A Justiça determinou o afastamento do prefeito de Canapi, Celso Luiz, na manhã desta sexta-feira (29), após a operação deflagrada pelo Grupo Estadual de Combate às Organizações Criminosas (Gecoc) e a Polícia Federal (PF) que o conduziu coercitivamente para a sede da PF para prestar depoimento. Ele é acusado de liderar um esquema que teria desviado R$ 10 milhões dos cofres públicos da cidade sertaneja. 
A decisão do juiz João Dirceu Soares, da Comarca de Mata Grande, também determina o afastamento do cargo de servidores públicos municipais que estariam envolvidos no esquema de desvio de recursos públicos. Todos eles tiveram os bens bloqueados pela justiça. 
Estima-se que mais de R$ 10 milhões provenientes de recursos da União sumiram dos cofres públicos do município entre os anos de 2015 e 2016. Canapi tem um orçamento de R$ 40 milhões, ou seja, cerca de 1/4 do orçamento anual teria sido roubado pelos membros do esquema. 
De acordo com as investigações, o dinheiro desviado seria usado na campanha de candidatura da reeleição do prefeito Celso Luiz, do filho dele, que deve ser candidato em Mata Grande, e da irmã dele, em Inhapi.
Segundo o promotor Antônio Carvalho, responsável pelas investigações, houve fraude na aquisição de fraldas, material de higiene infantil, contrato de transporte escolar, dinheiro de servidores públicos (recursos do Fundeb), empréstimos consignados - de forma que o servidor tinha descontado no contra-cheque, mas não repassava ao banco, sendo negativado no SPC. Além disso, o esquema também envolvia fraudes em contratos de tratores e caminhões. 
Foi identificado também durante as investigações, através da quebra de sigilo bancário, que o município transferia dinheiro para dois secretários municipais, o de Assuntos Estratégicos, Jorge Valença Alves Neto, e o de Finanças, Carlos Alberto dos Anjos Silva. Também estariam envolvidos no esquema o Controlador Interno da Prefeitura de Canapi, Francisco Barbosa da Silva, o chefe de divisão de Execução Orçamentária da prefeitura, Chaplin Iachdneh Varejão Pascoal R. de Oliveira, e a servidora pública Lucileide Canuto dos Anjos Silva.
A operação, deflagrada nesta sexta-feira, foi batizada de Operação Triângulo das Bermudas, referente a uma região onde ocorre o desaparecimento misterioso, repentino de aeronaves e navios, tal como ocorre em Canapi, com o dinheiro público.
Durante coletiva à imprensa, o superintendente da PF em Alagoas, Bernardo Gonçalves, deu detalhes sobre o esquema e afirmou que dinheiro de precatórios também foram desviados. 
"Foi um caso de roubo descarado, por mãos grandes, na cara dura. A Justiça Federal determinou o pagamento de R$ 18 milhões em precatórios que foram depositados em 2015 e deveria servir ao desenvolvimento da Educação, reformas de escolas, capacitação de professores, compra de equipamentos. Este dinheiro, por sua vez, foi transferido das contas da prefeitura para pessoas ligadas a gestores municipais sem qualquer preocupação de se forjar uma licitação, um contrato. O dinheiro, sacado em espécie, tinha sido depositado nas contas do secretário de Finanças e assuntos estratégicos", disse.
O inquérito deve ser concluído até a sexta-feira da semana que vem. Todos serão indiciados por apropriação indébita, peculato, lavagem de dinheiro e associação criminosa. As investigações começaram a partir de denúncias na rede social de que moradores da cidade estavam sendo beneficiadas com valores altíssimos.
Segundo a promotora Karla Padilha, a forma caseira de desviar recursos é o que chama a atenção. "Vemos claramente o fato de cooptar pessoas paupérrimas e muitas vezes analfabetas abrindo contas, assinando procurações, sendo vítimas da quadrilha. A partir daí, o dinheiro seguia o caminho até chegar aos gestores", disse.
"Em 20 anos de promotoria, nunca vi algo tão tenebroso, só na Operação Taturana. Era uma espécie de organização simplista participando de uma fraude baseada em prejuízos inenarráveis em uma cidade com IDH baixíssimo", completa Karla.
Por Jamylle Bezerra e Jobison Barros

Prefeito de Canapi é conduzido à sede da PF por suspeita de desvio de verba pública

Uma operação da Polícia Federal (PF), denominada "Triângulo das Bermudas", foi deflagrada na manhã desta sexta-feira (29), em parceria com o Ministério Público Estadual (MPE), para o cumprimento de dois mandados de condução coercitiva e 13 de busca e apreensão em áreas nobres de Maceió e no município de Canapi, localizado no Sertão do estado.
O prefeito da cidade, Celso Luiz, é um dos alvos do mandado de condução coercitiva que está sendo cumprido. Além dele, outros cinco servidores também estão sendo investigados: Carlos Alberto dos Anjos Silva, secretário Municipal de Finanças; Jorge Valença Alves Neto, secretário de Assuntos Estratégicos; Chaplin Iachdneh Varejão Pascoal de Oliveira, chefe de Divisão de Execução Orçamentária da Prefeitura de Canapi; Francisco Barbosa da Silva, controlador Interno; e Lucileide Canuto dos Anjos Silva, servidora pública municipal.
Todos eles são acusados de desviar dinheiro dos cofres da Prefeitura por meio de transferências ilegais realizadas para contas de pessoas físicas que jamais prestaram serviços ao Poder Executivo. O prejuízo, apenas num intervalo de 13 meses, ultrapassa as cifras de R$ 10 milhões.
Diante da suspeita de desvio de recursos federais no esquema montado por Celso Luiz, o Ministério Público compartilhou informações com a Polícia Federal, que também já tinha investigações em curso contra aquela Prefeitura. Além do uso de laranjas que receberiam dinheiro oriundo do erário de Canapi, a PF apura ainda outros tipos de crimes.
Os mandados expedidos pelo TRF da 5ª Região estão sendo cumpridos nas cidades de Maceió, Canapi e Mata Grande.  Há indícios de fraude em licitações e aquisição ilegal de fraldas descartáveis compradas com verba do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).
Além disso, a Polícia Federal também investiga o não repasse dos valores referentes aos descontos dos empréstimos consignados de professores remunerados com recursos do mesmo Fundo. A apuração está a cargo do delegado Antônio José Silva Carvalho.
Os servidores detidos serão encaminhados à Superintendência da PF, no bairro do Jaraguá, em Maceió, onde prestarão depoimento.
O nome da operação é uma alusão aos municípios de Canapi, Inhapi e Mata Grande, que formam um triângulo no mapa do Estado e sofrem influência do grupo político investigado.
Do TNH Com MPE

quinta-feira, 28 de julho de 2016

Alagoano é executado e outro é sequestrado no Agreste de PE

Um jovem alagoano de 20 anos foi morto a tiros nesta quinta-feira (28), na cidade de Cupira, no Agreste de Pernambuco. Um amigo dele, de 15 anos, foi levado pelos criminosos. De acordo com o delegado Bruno Vital, um grupo entrou na casa do jovem de 20 anos e o matou. Em seguida, os suspeitos foram na casa da segunda vítima.
"Eles chegaram em um carro, mataram o primeiro com tiros na cabeça, mas nada fizeram com a companheira dele, que ficou do lado de fora da casa", afirmou o delegado ao G1. Bruno Vital explicou que os suspeitos pediram para a mulher do jovem sair da casa, entraram no imóvel e atiraram nele na cozinha.
O delegado disse que após o homicídio, o grupo foi na casa do adolescente - que fica na mesma rua. Até a publicação desta matéria, o rapaz não havia sido localizado. Bruno Vital detalhou que o jovem e o adolescente são de Murici, em Alagoas, e moravam em Cupira há pelo menos três meses.
 Por Gazetaweb com G1

OAB vê com preocupação nº de suspeitos mortos em confronto com PM


A Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) se reúne, na tarde desta sexta-feira (29), para discutir os casos de justiçamento que vêm sendo registrados em Maceió, além do número de suspeitos mortos em confronto com a polícia, em 2016, em todo o estado. Somente nesta semana, segundo dados da Secretaria de Segurança Pública (SSP), sete suspeitos morreram apenas em Maceió. 
E devido à quantidade de casos do tipo, a OAB afirma já ver os números "com preocupação", razão pela qual pretende solicitar uma reunião com o secretário de Segurança Pública, coronel Lima Júnior, para debater o tema.
De acordo com o presidente da Comissão de Direitos Humanos, Ricardo Moraes, a entidade não faz juízo de valor sobre as ocorrências que resultaram na morte de suspeitos. Na visão do presidente do colegiado, a OAB defende apenas que a legislação pertinente seja cumprida em sua plenitude, a fim de que um inquérito policial seja aberto com o objetivo de se apurar as circunstâncias das ocorrências policiais. 
Na terça-feira (26), três suspeitos de tomar de assalto um veículo no bairro do Jacintinho, em Maceió, morreram em confronto com a polícia.
"O quadro atual se apresenta preocupante. Acredito que a Polícia Civil deve abrir investigação para apurar todos os casos em questão, cumprindo o que dispõe a lei. Não podemos deixar que a suspeita de reação, por si só, seja o elemento probatório contra os suspeitos que morreram. É preciso que haja o inquérito policial, o laudo da Perícia Oficial, entre outros elementos", expôs o presidente da comissão. 
Ainda de acordo com Moraes, na reunião a ser requerida com o secretário, a comissão da OAB pretende externar a preocupação da entidade quanto aos casos registrados recentemente, em que abordagens policiais resultaram em mortes. "Essas ocorrências precisam ser tratados de forma transparente. Reforço que não estamos fazendo juízo de valor, mas apenas ressaltando a necessidade de um procedimento investigativo eficaz", ressaltou. 


O comando geral da Polícia Militar, por sua vez, afirma que as abordagens em questão transcorreram dentro da legalidade, garantindo que, em todos os casos, os suspeitos reagiram às investidas da PM. 
Por Jonathas Maresia | Portal Gazetaweb.com

SERGIPE : Governo autoriza publicação de três Concursos Públicos para o Estado

Atendendo a uma crescente demanda existente no Estado em diversas áreas como segurança e em setores estratégicos da gestão estadual, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag) lançará ainda em 2016 o edital de três concursos públicos. 
Os cargos contemplados o Procurador do Estado, Técnico em Politicas Publicas e Gestão Governamental (Gestores) e Guarda Prisional.
As autorizações já foram dadas pelo Governador do Estado e a SEPLAG as encaminhou ao Diário Oficial para a publicação. “Estamos realizando todos os procedimentos necessários para contratação da(s) banca(s) que realizará (ão) os concursos de Gestores e de Procuradores. Para o de Guarda Prisional ainda iremos enviar uma Lei à Alese para criação das vagas, mas queremos publicar o edital também o mais breve possível”, afirma o secretário Gama.
Ao todo serão cinco vagas disponibilizadas, mais cadastro reserva, aos bacharéis em direito com inscrição na OAB, para o cargo de Procurador do Estado, e 19 vagas, mais cadastro de reserva, para Técnico em Politicas Publicas e Gestão Governamental, que poderá ser disputado por candidatos de qualquer curso de nível superior.
Sobre as carreiras
A carreira de Técnicos em Politicas Publicas e Gestão Governamental têm como atribuições a formulação, implementação e avaliação de políticas públicas, bem como o exercício de direção e assessoramento, em escalões superiores da Administração Estadual, sendo exigido, dos seus ocupantes, formação de nível superior e a realização, com aproveitamento, de curso específico a ser oferecido pelo Poder Executivo Estadual.
Já os Procuradores tem como atribuições prestar consultoria jurídica e representar administrativa e judicialmente o Estado de Sergipe. Os Guardas do Sistema Prisional exercem atividades de guardas de segurança nos serviços e ações inerentes a execução, manutenção e preservação das funções de segurança dos órgãos, setores e estabelecimentos do Sistema Penitenciário ou Prisional de Sergipe.
Fonte: Seplag

ALAGOAS : Suspeito morto em confronto trabalhava acionando PM contra crimes

FOTO: REPRODUÇÃO / FACEBOOK
A Secretaria de Segurança Pública confirmou, na manhã desta quinta-feira (28), que Thiago Santos Mesquita, de 18 anos, que foi morto durante perseguição policial na última terça-feira, trabalhava como operador do Centro Integrado de Operações da Segurança Pública (Ciosp) acionando as equipes da Polícia Militar para ocorrências de crimes em Maceió. 
De acordo com o secretário de Segurança, Lima Júnior, logo após a pasta detectar o envolvimento do jovem em crimes, foi determinada uma investigação criminal sobre os demais operadores, visto que a seleção é feita por meio de um trabalho realizado pelo Serviço de Promoção e Bem Estar Comunitário (Soprobem).
Nas redes sociais, os militares reagiram com revolta diante à fragilidade do sistema empregado para analisar os nomes dos operadores do Ciosp. Segundos os policiais, quando eles estão na pré-seleção para entrar na Polícia Militar até exames toxicológicos são realizados para constatar se há uso de drogas. 
Suspeitos mortos
Durante a ação que resultou na morte de Thiago Santos, também morreram Bruno Feijó da Silva, de 17 anos, e Keleison Jamisson dos Santos, de 21 anos. Eles chegaram a ser socorridos para o Hospital Geral do Estado (HGE), mas não resistiram aos ferimentos. 


Os suspeitos teriam tomado de assalto um veículo Celta de propriedade de um policial militar. O crime teria sido realizado no bairro do Jacintinho e, após a perseguição, já no bairro do Bebedouro, militares da Radiopatrulha teriam sido recebidos à bala. 
Por Jonathas Maresia | Portal Gazetaweb.com

Assaltantes rendem seguranças e roubam Museu Arqueológico de Xingó em Canindé

Foto: Natália Cleuber Colégio Sete:
O MAX -  Museu de Arqueologia de Xingó, situado no município de Canindé de São Francisco, sertão sergipano, foi assaltado na madrugada desta quinta-feira, 28.

Segundo as primeiras informações, quatro elementos renderam os seguranças que faziam a vigilância do Museu, tomaram as armas e, na seqüência, roubaram equipamentos (maquinas fotográficas, GPS) que são usados pelos profissionais do órgão federal.


O caso foi comunicado à UFS – Universidade Federal de Sergipe – a quém o Museu está jurisdicionado – e à Policia Federal.

Da Redação

Concurso dos bombeiros exige 'teste de virgindade' ou Papanicolau no DF

Um dos exames exigidos no concurso do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal tem causado estranhamento: mulheres devem apresentar laudo do Papanicolau (cientificamente conhecido como colpocitopatologia oncótica, exame ginecológico realizado como prevenção ao câncer do colo de útero e ao HPV) ou comprovar que não tiveram o hímen rompido - ou seja, ainda são "virgens". Não há exigências semelhantes para homens. Em nota, a corporação disse não considerar a medida discriminatória e afirmou que o objetivo é aferir "a condição física e laboral dos candidatos".
A comissão do concurso afirmou que não necessariamente uma alteração no exame vai excluir uma candidata e que os dados serão mantidos em sigilo. O concurso oferece 779 vagas e salários que variam entre R$ 5,1 mil e R$ 11,6 mil. As inscrições foram abertas no dia 18 de julho e seguem até 18 de agosto. A prova é prevista para o dia 9 de outubro.
Para a banca, não há necessidade de exames semelhantes para homens. "Sobre o exame de próstata, informamos que se trata de um exame preventivo indicado pelo médico aos homens a partir dos 40 anos de idade, sendo esta idade superior ao limite exigido para ingresso nos quadros da corporação", disse. Também não há solicitações de exames para doenças sexualmente transmissíveis, nem mesmo HPV.
"Entendemos que a exigência do exame complementar citado não viola o sigilo das candidatas, tampouco desrespeita o direito à intimidade, à honra e à imagem. Pelo contrário, retrata o cuidado e o zelo que a corporação possui com os futuros militares, tudo em conformidade com a lei, a jurisprudência, e com orientações e determinações dos órgãos de controle do CBMDF [Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal]", completa.
Especialista em concursos públicos, o advogado Fábio Ximenes disse considerar a exigência uma "atrocidade". "Fere o direito à intimidade, sim, da candidata. Viola diversos princípios administrativos e constitucionais, como o princípio da isonomia, fere o princípio constitucional da discriminação, porque não pode haver discriminação de nenhum gênero, nem para homem, nem para mulher. Já aconteceu outras vezes e é totalmente imoral. É inconstitucional o edital cobrar esse tipo de conduta da candidata."
O advogado afirma ainda que os testes são irrelevantes para determinar a aptidão das candidatas à profissão. "Se a gente for apreciar se isso [os resultados] seria relevante para o cargo, não é. Não impede o exercício de cargo de bombeiro ou policial ou qualquer cargo.  Isso não tem relação nenhuma com as atribuições do cargo de bombeiro. Isso já é explicitamente antiético. A exclusão de candidatos por esse tipo de conduta seria totalmente contra a Constituição."
Outros casos
Exigências semelhantes já foram questionadas anteriormente. Após receber denúncias, a Defensoria Pública acionou o estado de São Paulo em 2014 para acabar com a obrigação para candidatas aos concursos do governo. 
Em 2015, a Justiça do Acre suspendeu o concurso para oficiais da Polícia Militar que trazia uma série de proibições aos candidatos, incluindo tatuagens na cabeça, pescoço e nos braços; cicatrizes "antiestéticas"; e ocorrência de testículo único, salvo em casos congênitos.
Também em 2015, a Justiça Federal determinou que a Marinha alterasse o edital de um concurso de admissão na Escola Naval que vetava a inscrição de candidatos casados, em união estável ou com filhos. O edital também previa desligamento de mulheres que engravidarem durante o curso de graduação.
Raquel Morais Do G1 DF