domingo, 31 de janeiro de 2016

Romeiros de Arapiraca sofrem acidente em rodovia do Ceará

Foto: Reprodução
Um acidente com um ônibus de romeiros de Arapiraca se envolveu em um acidente na noite deste sábado em um trecho da rodovia CE-060 conhecido como Curva do “S”. Aproximadamente 30 pessoas ficaram feridas.

De acordo com o motorista do ônibus, que não teve a identidade revelada, houve uma pane no sistema de frenagem na descida da Serra do Araripe.

Para evitar um acidente ainda mais grave, o motorista jogou o ônibus para uma barreira lateral quando já estava perdendo o controle do veículo.

Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) estiveram no local para socorrer as vítimas. Todos foram encaminhados para a hospitais e Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) da região. 

Felizmente não houve vítimas fatais.


Por: 7 Segundos

Motorista perde controle de carro ao passar por ponte, cai em riacho e morre afogado em Delmiro Gouveia

Foto: Reprodução
O corpo de um homem foi encontrado, no início da madrugada deste domingo (31), dentro de um carro, submerso nas águas de um riacho, sob a ponte que dá acesso ao povoado Lagoinha, no município de Delmiro Gouveia. A vítima foi identificada como Sebastião dos Santos da Silva, conhecido como “Tião”, 48.
Ele era o condutor de um carro de características não divulgadas, do qual teria perdido o controle da direção ao passar pela ponte, de onde caiu dentro do riacho. O homem que estaria sozinho no veículo não conseguiu sair e morreu afogado.
Uma guarnição do Corpo de Bombeiros Militar (CBM), com apoio da Guarda Civil Municipal (GCM), resgatou o corpo da vítima e encaminhou para o necrotério do hospital da cidade, de onde foi recolhido pelo Instituto Médico Legal (IML) de Arapiraca.
Por Minuto Sertão

Tabelião Chefe de cartório no sertão morre vítima de infarto fulminante

Foto: TSE
O tabelião Clodoaldo Elias da Silva, 42, chefe do cartório de registros e notas de Inhapi, morreu na noite deste sábado (29), por volta das 23h, no Sítio Salão, zona rural do município.
“Clôdo do Cartório”, como era mais conhecido, tinha participado de uma partida de futebol com amigos e estaria comemorando com eles, quando sofreu um infarto fulminante e morreu.
Ele era filho do ex-vereador Elias Galego e irmão do vereador Valter de Elias, inclusive chegou a disputar pelo Partido dos Trabalhadores (PT) uma vaga no Legislativo municipal, nas eleições de 2012, onde obteve 120 votos e ficou na suplência.
Muito querido na região, “Clôdo” era esposo da conselheira tutelar Eliane da Silva, com que teve dois filhos, um com 10 anos de idade e o outro com 16.
O corpo está sendo velado na residência da mãe do tabelião, na Rua Juscelino Kubitschek, centro da cidade. O sepultamento deverá ocorrer no cemitério municipal, às 8h, desta segunda-feira (1).
Da Redação com Minuto Sertão

Assaltos geram a noite do terror em cidade do sertão de Sergipe

Imagem Ilustrativa
Três assaltos a mão armada foram registrados na noite deste sábado, 30, em Nossa Senhora da Glória, sertão sergipano. De acordo com relatos das vítimas, os responsáveis pelos crimes são dois meliantes de aparência jovem.
O primeiro caso foi registrado por volta das 21h30 nas proximidades da Praça de Eventos da cidade, onde o casal Leila Taynara e Cláudio trafegava em uma shineray e foi abordado pelos indivíduos armados que subtraíram os celulares (Grand duos e Iphone 5c), documentos e dinheiro das vítimas. Na sequência, outro crime praticado por bandidos de semelhante aparência, foi constatado na Rua Manoel Francisco de Lima, onde uma moto foi tomada de assalto e um dos meliantes chegou a efetuar um disparo de arma de fogo. A vítima, identificada pelo apelido de “Dudu”, estava acompanhado de sua namorada quando ocorreu o crime.
O terceiro registro criminoso da noite, segundo informações de populares, teria ocorrido nas proximidades do Parque de Exposições de Glória, onde mais um casal teve seus celulares e dinheiro levados por bandidos.
O plantão da polícia judiciária neste fim de semana, está sendo na cidade de Propriá, cidade do Baixo São Francisco, local onde as queixas devem ser prestadas.
Da Redação com Informações Mais Sertão

sábado, 30 de janeiro de 2016

Fernanda Marinela é nova presidente da OAB Alagoas‏

Foto: Ascom OAB/AL
Maceió (AL) - Tomou posse nesta sexta-feira (29) a única mulher presidente de Seccional da OAB no próximo triênio, Fernanda Marinela, que comandará a advocacia do Estado de Alagoas. Prestigiada por centenas de advogados e autoridades da sociedade, a cerimônia foi conduzida pelo presidente nacional da OAB, Marcus Vinicius Furtado Coêlho. Também foram empossados os conselheiros seccionais e diretores de Caixa de Assistência aos Advogados.
“A líder da sociedade civil abre caminho para termos cada vez mais mulheres na OAB, exercendo funções de liderança em nossa entidades. Nossa gestão teceu diversos esforços por maior representatividade da mulher, inclusive criando cotas de gênero nas chapas eleitorais e com o Plano Nacional de Valorização da Mulher Advogada”, lembrou Marcus Vinicius.
“Se estou aqui hoje, de alma alegre e lavada, é porque, sem dúvida, como primeira mulher a presidir a OAB de Alagoas, subi no ombro de gigantes, por isso consegui chegar mais longe. Sempre acreditei na bondade dos homens e que felicidade nos convida. Desde muito nova sabia que o caminho para felicidade estava na realização pessoal, que exige fazer o bem e trabalhar muito. Basta agir diferente, se dedicar mais e conseguirá”, afirmou Fernanda Marinela ao abrir seu discurso.
A presidente empossada relembrou seus padrinhos nesta caminhada dentro da Ordem, do presidente Marcus Vinicius, que a nomeou presidente da Comissão Nacional da Mulher Advogada, a Felipe Sarmento, presidente do FIDA e conselheiro federal por Alagoas, que a convidou para a OAB. O diretor tesoureiro Antonio Oneildo Ferreira apoiou o movimento Mais Mulheres na OAB e o presidente Thiago Bomfim, seu antecessor. “Se estou aqui é porque subi no ombro de gigantes”, saudou.
“O trabalho na Comissão da Mulher Advogada não foi fácil, tivemos que reconstruir a história da mulher na entidade. Não queremos mais nos comportar como homens. Nós, mulheres advogadas, queimamos as caravelas. Queremos ser conhecidas em nossas diferenças, mas com oportunidades iguais, sem abrir mão de nossa feminilidade e de nossas famílias. Conquistamos na raça os 30% nas eleições, o Plano Nacional de Valorização da Mulher Advogada e o movimento Mais Mulheres na OAB”, relembrou.
“Vi nos últimos anos se esvair a moral e a ética em nosso país, mas vi a sociedade indignada e dizendo não à corrupção. Não podemos viver sem política. É indispensável termos instituições fortes, e a OAB precisa ser forte. União das pessoas é capaz de coisas maravilhosas, basta decidir um objetivo e ter foco”, discursou.
“Nunca me senti só, sempre me senti parte de um grupo na OAB, líder de geração de advogados com valores como ética e união. Nos chamam de teimosos e obstinados, que não respeitamos limites, mas não dá para parar de trabalhar. O bom nunca é suficiente. Somos sonhadores. Acreditamos no que fazemos e não pedimos desculpas por isso”, finalizou.
Ao abrir seu discurso, o presidente Marcus Vinicius pediu um minuto de silêncio por Hermann de Assis Baeta, membro honorário vitalício que faleceu na semana passada. “Alagoano, foi presidente que transferiu a sede da OAB para Brasília e lançou as bases de uma Assembleia Constituinte exclusiva, dando ensejo para que tivéssemos uma Constituição responsável pelo maior período democrático de nossa história. Temos que construir democracia estável, em que a Carta seja sempre respeitada. Nossa entidade jamais deve desviar do seu curso de defensora da Constituição e do Estado de Direito”, saudou.
Marcus Vinicius, em sua última posse como presidente nacional da OAB, teceu reflexões sobre qual o papel do dirigente de Ordem, baseado em suas experiência de três anos à frente da advocacia brasileira. Para ele, é necessário ousar, como quando fez ao convidar Marinela para presidir a Comissão da Mulher Advogada, dando início a uma série de conquistas para a igualdade e pluralidade dentro da entidade.
Também disse que a Ordem não pode ser comentarista de casos, mas protagonista de causas. Nesse sentido, deve evitar a machete fácil dos jornais, mas atuar nas questões de base da sociedade, como fez ao conseguir a proibição do investimento empresarial em partidos e candidatos, assim como de doações ocultas.
“OAB deve ser aliada do governo ou da oposição? Nosso papel não é ser partido político, a entidade não é de direita nem esquerda. O que ferir a Constituição tem nosso repúdio. Cuidar da advocacia e das causas da sociedade não são excludentes, são complementares. O advogado é antes de tudo um cidadão”, explicou.
“Prerrogativas e ética são duas faces da mesma moeda: a valorização da profissão. Criamos a Procuradoria de Prerrogativas, que atendeu 19 mil casos em três anos, mas também um Novo Código de Ética. OAB é mais do que o somatório de cada um de nós, é defensora da ética e da democracia. Devemos atuar com firmeza e altivez. Se faz líder com gestão compartilhada e participativa. Sem liberdade não há advogado e sem advogado não há liberdade, como dizia Raymundo Faoro”, aconselhou.
O atual presidente da Seccional de Alagoas, Thiago Bomfim, enalteceu a eleição de sua sucessora, relembrando os momentos difíceis do pleito e clamando por mais diálogo e paz na Ordem. “Fernanda Marinela ama o direito e a advocacia. Doutrinadora respeitada, advogada militante, enfrentou vários preconceitos. Com elegância, respondeu à altura. não temos dúvida que sua gestão será das mais profícuas que este país já viu”, saudou.
Relembrando a sua gestão, destacou o diálogo de alto nível com várias instituições republicanas, além de várias conquistas, como implantação do processo eletrônico na OAB, que economizará mais de R$ 100 mil por ano, reativação da ESA, construção da nova sede, diversas ações civis públicas, criação do Conselho Jovem e a criação da Terceira Câmara.
Por fim, Bomfim saudou o presidente do Conselho Federal, Marcus Vinicius, por sempre ter a porta aberta a qualquer advogado que procure a Ordem. “Grande estadista, fez com que a OAB não fosse comentarista de casos, mas protagonista de causas. Nada disso seria possível sem apoio de todas instituições do Estado de Direito. Defender fortalecimento só da advocacia é diminuir papel da OAB, temos que fortalecer todos na República”, disse.
Prestígio
Centenas de advogados e representantes da sociedade civil compareceram à posse de Fernanda Marinela. O governador de Alagoas, Renan Filho, desejou boa sorte à nova presidente. “Gostaria de desejar boa sorte à Fernanda Marinela, porque capacidade ela tem de sobre para exercer a liderança à frente da OAB, defendendo a sociedade e as prerrogativas dos advogados, com uma postura combativa que ajude o Estado de Alagoas a avançar”, afirmou.
Vice-presidente da OAB e candidato único ao comando da entidade, Claudio Lamachia explicou que a posse foi um momento de muito simbolismo para todos. “Acima de tudo, é uma demonstração de todos nós do que significa o talento, determinação e sensibilidade desta presidente da OAB de Alagoas. Marinela é uma referência, ao longo do seu trabalho demonstrou seu compromisso com a causa das mulheres e para a OAB”, disse.
“É muito importante a representatividade da mulher advogada, com toda sua força e capacidade de trabalho, mostrando que esse aumento no número de mulheres na OAB não é fictício. É participação importante, que estimula novas advogadas. Ela tem tudo para desempenhar um ótimo trabalho e será um exemplo para todos”, disse o conselheiro federal Luis Cláudio Chaves, candidato à vice na OAB Nacional.
“Gestão do presidente Marcus Vinicius lançou movimento por mais mulheres na OAB e precisamos avançar na paridade dentro do Sistema. As mulheres hoje são quase 50% dos advogados do país, mas ocupam poucos lugares na Ordem. Marinela não foi eleita por ser mulher, mas por seu currículo e trabalho, enquanto líder da advocacia”, afirmou o conselheiro federal Felipe Sarmento, que integra a chapa única à diretoria do Conselho Federal como secretário-geral.
“Sem dúvida a vitória de Marinela representa a vitória de toda advocacia brasileira, que tem valorizado cada vez mais a força da mulher advogada. Temos certeza que o trabalho dela à frente da OAB de Alagoas levará essa bandeira adiante”, classificou Ibaneis Rocha, também integrante da chapa como secretário-geral adjunto.
Padrinho do movimento por mais mulheres na OAB, Antonio Oneildo, diretor tesoureiro, explicou que já houve outras presidentes mulheres em Seccionais, mas este momento tem simbolismo maior por Fernanda Marinela ter sido conselheira federal e presidente da Comissão Nacional da Mulher Advogada, conduzindo trabalho no último triênio para o protagonismo da igualdade de gênero. “Com todo este trabalho, foi eleita pela advocacia de Alagoas. É uma das principais mudanças que deve haver no Sistema OAB, uma maior participação da mulher”, disse.

Por  

Governo estabelece preço médio da gasolina a R$ 3,78 a partir de 1º de fevereiro

A Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), por meio da Superintendência da Receita Estadual, publicou no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (29) um comunicado com o preço médio que os postos de combustíveis de Alagoas devem praticar. O litro da gasolina, segundo o comunicado, deverá custar em média R$ 3,78.

Os valores começam a vigorar a partir de 1º de fevereiro e tem como base o ATO COTEPE/PMPF, publicado na edição do dia 22 de janeiro do Diário Oficial da União.

Com isto, o preço médio pelo litro da gasolina deverá ser de R$ 3,785, do diesel S10 R$ 3,097, do óleo diesel R$2,965, o quilo do GLP R$4,190, o querosene de aviação (QAV) R$ 2,320, do álcool etílico hidratado combustível (AEHC) R$ 3,088 e metro cúbico do Gás Natural Veicular (GNV) R$ 2,320.

Aumento
No início do mês vários postos de combustíveis de Maceió aumentaram o preço cobrado dos combustíveis e o litro da gasolina chegou a custar R$ 4. A Superintendência de Proteção ao Consumidor (Procon) notificou 56 postos por não encontrar justificativas para o aumento.


O promotor Max Martins, da Promotoria do Consumidor da Capital, instaurou um inquérito civil público para apurar o aumento do preço nos postos da capital. Na portaria, o promotor destaca que informações preliminares do Procon indicam que houve aumento no preço dos combustíveis sem nenhuma justificativa.

Por Cada Minuto

Thábata Mendes deixa o XCalypso após briga com Ximbinha

Foto: Reprodução/Facebook
Durou apenas três meses a parceria entre Thábata Mendes e Ximbinha. A loira decidiu largar o projeto do ex-marido de Joelma durante uma reunião na tarde desta sexta-feira, em Belém. O motivo foi uma discussão entre ela e o guitarrista após o show que a banda fez na cidade de Tibau, no Rio Grande do Norte, dia 16 deste mês.
Após a apresentação, que teve pouca presença do público, os fãs da cantora se reuniram na frente do camarim e ela quis atender cada um. Ximbinha se irritou com a demora e deixou o local com os músicos.
De acordo com uma fonte ligada a Thábata, ela não aguentava mais ser maltratada por Ximbinha: “Tudo o que foi publicado sobre ele é a mais pura verdade. A situação ficou insustentável para ela, que já vinha planejando isso há algum tempo”, conta a fonte. “Eles tiveram uma briga horrível no último show. Ele vive bêbado”.
Um post chegou a ser publicado no página da cantora no Facebook anunciando uma coletiva de imprensa, mas logo foi apagado.
A banda XCalypso já divulgou dois shows para os próximos dias. Um neste sábado em Senador José Porfírio, no Pará, e outro no dia 10 de fevereiro com o bloco Tapera, em Cametá, no mesmo estado.
No Instagram, o fotógrafo Paulo Eduardo, que fez um ensaio recente com a cantora, comentou a despedida do XCalypso. “Mesmo fora da XCalypso, a sua estrela vai brilhar, você é muito amis além que uma banda, o dom é seu, o sucesso tem nome é, Thábata Mendes. Estamos com você”.
Em janeiro, Thábata contou ao EXTRA como havia sido o primeiro show da XCalypso em Ananindeua, na Grande Belém, no dia 3 de janeiro. “Me surpreendi muito com a reação do público. Foi muito positiva. Juro que esperava vaias, ovos e tomates em cima de mim”.
A cantora disse ainda que não estava ganhando dinheiro com o novo trabalho. O EXTRA divulgou em primeira mão a contratação de Thábata Mendes para ser a nova Joelma de Ximbinha, que até trocou a grafia do nome.
Fonte: Extra

Bandidos invadem casa e fazem família de refém no sertão de Sergipe

Foto: Mais Sertão
Três homens armados invadiram uma residência e fizeram uma família de refém por volta das 21h desta sexta, 29, em Nossa Senhora da Glória, sertão sergipano.  A casa, cujo dono é conhecido como “Bocão”, foi o local onde sua família ficou mantida por mais de 20 minutos pelos bandidos.

Segundo as vítimas, os três meliantes a todo instante perguntavam por objetos de valor e pela senha de um cofre, inofrmação que os reféns não sabiam, pois o mesmo pertence a um familiar que não se encontrava no local. Outro familiar que estava chegando ao local no momento em que o assalto ocorria, foi recebido a tiros, mas conseguiu escapar e ir até a delegacia para acionar a Polícia Civil.

Antes da chegada da polícia, os meliantes evadiram-se do local, e as polícias Militar, civil, com o apoio do Perpac (Caatinga), iniciaram as diligências a procura dos meliantes.

Da Redação co  Mais Sertão

Moradores de Pariconha registram chuva de granizo na cidade

Uma chuva de granizo foi registrada, na tarde desta sexta-feira (29), por volta das 16h30, na cidade de Pariconha. O fenômeno meteorológico foi registrado por moradores através de fotos e vídeos.
Em um vídeo divulgado nas redes sociais, são mostradas pequenas pedras de gelo caindo durante a chuva, que apesar de não provocar danos e nem deixar feridos, assustou muitas pessoas.
Meteorologistas explicam que as gotas de água que se evaporam dos rios, mares e da superfície terrestre, quando chegam às nuvens e encontram temperaturas abaixo de -80°C, viram gelo. Congelado, o vapor de água fica com mais peso do que a nuvem pode suportar e cai em forma de pedra de gelo. Fonte: Revista Escola
Por Minuto Sertão

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Como cinema, Os Dez Mandamentos é um fracasso completo

Quando criança, eu costumava assistir a filmes da coleção de Super 8 de um amigo. Eram títulos incríveis, como Guerra nas Estrelas, Tubarão e Superman – O Filme. Cada filme, porém, era editado para se encaixar em 16 minutos, tempo máximo de projeção no formato. 

Claro que coerência narrativa, desenvolvimento de personagens e entendimento geral da trama iam para o espaço, sobrando uma coleção de melhores momentos, como um trailer estendido de algo que, em sua concepção original, poderia ser uma experiência completa. 

Assistir a Os Dez Mandamentos no cinema remeteu imediatamente ao projetor de Super 8. Com suas quase 300 horas criadas para um folhetim televisivo editadas em duas horas de cinema, o épico bíblico é um suspiro do que poderia ter sido com planejamento, respeito e visão.

Como cinema, porém, Os Dez Mandamentos é um desastre absoluto.
É preciso, claro, dar um passo para trás e esquecer toda a engrenagem em torno da qual o projeto foi construído. Sendo primariamente mais um produto bíblico da Rede Record, que por sua vez pertence à Igreja Universal, Os Dez Mandamentos estreou na TV e foi um sucesso. Merecido, diga-se. Apesar de uma certa pobreza visual e da inadequação de elenco e cenários (a trama se passa num Egito Antigo onde todos são caucasianos e usam rímel), a história de Moisés e sua luta para libertar o povo hebreu da escravidão no Egito ganhou, na telinha, maior projeção e valores de produção que, apesar de longe da perfeição, quebraram um cenário dominado pelas novelas produzidas em série e sem muita novidade pela Globo. Fez barulho, deu audiência e, apesar da barriga quando a trama foi espichada para tentar manter seus números no alto, criou um novo núcleo de dramaturgia na Record – mesmo que a fonte das histórias seja, com o tempo, limitada.

Mas cinema é um animal diferente. Um filme precisa de personagens bem definidos, uma âncora que conduza a plateia pela trama. Claro que, em Os Dez Mandamentos, esta figura é Moisés (interpretado com esforço por Guilherme Winter). Mas a versão para cinema em nenhum momento se preocupa em desenvolver sua jornada, sua descoberta que, apesar de viver no luxo do palácio, ele é filho de escravos e tem um destino a cumprir. Em poucos minutos seu passado é revelado a ele, sua família é redescoberta e, de imediato, ele abraça sua missão divina. Os realizadores obviamente contam com a familiaridade do público com a história – recontada centenas de vezes em todas as mídias – para preencher as lacunas. Mas um filme precisa funcionar como entidade hermética, e a falta de cuidado com seu protagonista é apenas a ponta do iceberg dos problemas.

A montagem segue histérica de ponta a ponta, com nenhuma cena tendo chance de respirar antes de mais um corte abrupto. As sequências das pragas do Egito são um bom exemplo. Não vemos a tragédia do povo opressor causada pela força divina: o que sobra em Os Dez Mandamentos é Moisés avisando o faraó Ramsés (Sérgio Marone, alternando voz aveludada e gritos de fúria… e só) de cada praga, retornando segundos depois para falar da seguinte. É como um videogame em que o chefe da fase anuncia seu ataque. Ramsés, por sinal, é outra vítima da edição picotada. Ele passa de melhor-amigo-quase-irmão de Moisés a déspota sangrento e intolerante sem o filme dar nenhum contexto do gatilho para as mudanças.

Personagens aparentemente de peso surgem e desaparecem com uma frase, nacos inteiros da jornada do protagonista viram pó. Para dar algum sentido, Os Dez Mandamentos sofre com uma narração incômoda. A trilha, que poderia ajudar a compor a narrativa, é barulhenta e inadequada. Deus, que felizmente é retratado como a divindade furiosa e vingativa do Velho Testamento, conversa com seu profeta com a voz do Cid Moreira em uma opmpa que causa constrangimento. E Moisés, em vez de conversar com qualquer outro personagem, parece proferir um discurso sempre que move os lábios, como se estivesse em constante pregação.

A história do êxodo bíblico é um dos contos mais belos que existe, uma saga de tragédia e triunfo, de violência e fé. O cinema já retratou a mesma história de forma definitiva em 1956, quando Cecil B. DeMille fez o seu Os Dez Mandamentos, com Charlton Heston, Yul Brynner e cenas de tamanha beleza que parecem uma pintura – por sinal, é sintomático a abertura do Mar Vermelho de um filme que completa seis décadas ser mais crível do que uma produção ainda cheirando a tinta. Príncipe do Egito, animação de 1998, conseguiu traduzir a mesma história em um formato “para toda a família'' coerente do começo ao fim. Até uma escorregada do mestre Ridley Scott, Êxodo: Deuses e Reis, de 2014, emprestou reverência, realismo e, acima de tudo, uma visão clara da saga que estava retratando.

Todos são filmes superiores, por léguas, à versão da Record. O público parece concordar. Apesar de alardear bilhetes esgotados e uma estreia napoleônica, eu assisti ao filme em um dos mais movimentados shoppings de São Paulo na noite da sexta-feira, em pleno fim de semana de estreia. Com folga, já que não havia nem um terço de lotação. Ao fim da projeção, um único entusiasta tentou puxar aplausos, mas logo se recolheu timidamente. É o provável destino de um projeto apressado que joga fora a oportunidade de recontar, com nossa visão de pátria devota (não importa sua crença), uma bela história.

Por robertosadovski.blogosfera.uol.com.br/


Prefeito de Santa Inês é preso em flagrante por estupro no Maranhão

Foto: Reprodução/TV Mirante
O médico e prefeito de Santa Inês, Ribamar Alves (PSB), de 61 anos, foi preso em flagrante pelo crime de estupro, na manhã desta sexta-feira (29), na cidade, que fica a 250 km de São Luís. Segundo informações da Polícia Civil, a vítima é natural do Paraná, possui 18 anos e trabalha como colportora (jovens que vendem livros para pagar os estudos).

O delegado Regional de Santa Inês, Rafael Reis, confirmou, em entrevista coletiva realizada na sede da secretaria, na capital maranhense, que o ato criminoso ocorreu na noite de quinta-feira (28) em um motel. Segundo a jovem, o prefeito teria passado direto na entrada.

"O fato se deu entre 21h e 23h de ontem. A vítima foi até a casa do prefeito vender livros e ele a convidou para um passeio, com a desculpa de que iria comprar os livros após o passeio. Dentro do carro, ele abordou ela e entrou direto em um motel. E, lá, apesar de não ter sido agredida, foi caracterizado o estupro. Ela teria até chorado durante o ato", relata.Conforme o delegado, a jovem confirmou, em depoimento à polícia, que Ribamar Alves já havia entrado em contato com ela pelo celular. "Após o crime, a vítima nos procurou e ela disse, em depoimento, que, na verdade, ele já vinha assediando ela", conta.
Rafael Reis disse que a vítima está muito traumatizada e que ainda hoje será examinada por uma equipe do Instituto de Criminalística (Icrim). "Ela chorava muito e está muito traumatizada. Ela vai ser averiguada por profissionais do Icrim", afirma.

De acordo com o delegado, Ribamar Alves será autuado pelo crime de estupro, previsto no artigo 213 do Código Penal, que prevê pena de seis a dez anos de reclusão. Após depoimento, o prefeito será encaminhado para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas. "Ele vai ser enquadrado no Artigo 213 e ainda hoje ele vai direto para uma unidade da Sejap em Pedrinhas", finaliza.

O prefeito chegou a São Luís de helicóptero, na tarde desta sexta-feira, e prestou depoimento na sede da secretaria. Por telefone, o advogado Ronaldo Ribeiro, que defende Ribamar Alves, confirmou que o prefeito manteve relações sexuais com uma mulher e que ela maior de idade. "Foi tudo consensual", afirma.

Assédio sexual

No dia 18 de dezembro de 2013, Ribamar Alves teria assediado sexualmente a juíza de Santa Inês, Larissa Tupinambá. O caso, confirmado pela Associação dos Magistrados do Maranhão (AM-MA), ocorreu quando o prefeito teria buscado a juíza para tratar de assuntos do Município.

O prefeito chegou a ser autuado por assédio sexual, mas, em 2014, teve o crime desclassificado como contravenção penal de "importunação ofensiva ao pudor", delito previsto na Lei de Contravenções Penais (3.688/41).
Como teve o delito revertido, Alves pagou multa fixada pela Justiça e não é considerado reincidente. Na tarde desta sexta-feira, a magistrada publicou, por meio das redes sociais, que é "dia de justiça".


"Dia de Justiça. Ela pode demorar, mas quando se impõe, é altiva e forte. Só tem um lado: o certo. Não se rende a influências, não se verga para o lado mais forte e nem se mancha com a politicagem. Quando chega faz transbordar de felicidade quem só dela se socorre. Acreditar no lícito, no digno e no correto sempre vai trazer retorno. O ímpio, leviano, despudorado, imoral e abjeto se inunda no mar de lama do cotidiano em que vive suas torpezas", afirmou.
Por Márcia Carlile Do G1 MA

Piranhas é o centro das atenções na gravação da novela “Velho Chico” da Rede Globo

FOTO: TV GLOBO/CAIUÁ FRANCO
As cenas da nova novela do horário nobre da Rede Globo de Televisão, “Velho Chico”, de autoria de Edmara Barbosa e Bruno Barbosa, com supervisão de Benedito Rui Barbosa e direção de Luiz Fernando Carvalho, já estão sendo gravadas no município de Piranhas, sertão de Alagoas, chamando a atenção de moradores, visitantes e turistas, pela grande movimentação de atores famosos no Centro Histórico da cidade.

Foto: Sectur
A gravação na cidade Histórica de Piranhas, cujo roteiro contempla, também, cenas da novela nas cidades de Olho D`Água do Casado e Delmiro Gouveia, em Alagoas, Paulo Afonso e São Francisco do Conde, na Bahia, além de outras cidades do Nordeste, está atraindo pessoas de toda a região, que chegam a todo o tempo de transporte coletivo para conhecerem os atores, e muitos conseguem até fotos com seus ídolos.

O cenário piranhense também tem encantado os artistas globais. Os atores Leo Pacheco e Marina Nery, conheceram as bordadeiras de Entremontes, comunidade ribeirinha de Piranhas e definiram o lugar como: “Entremontes é um local riquíssimo de cultura e arte”.

Foto: Sectur
Nos Cânions do rio São Francisco, antes das gravações externas começarem, os atores Rodrigo Santoro, Janaina Melo, Chico Diaz. Marina Nery, Fabiula Nascimento. Rodrigo Lombardi, Larissa Goes, Cyria Coentro e Leopoldo Pacheco, foram ciceroneados pela Secretária de Turismo de Piranhas, Patrícia Brasil.

Neste elenco de grandes nomes da teledramaturgia brasileira, participarão da novela  “Velho Chico” Antonio Fagundes, Fernando Torres, Marcos Palmeira, Patrícia Pilar, Letícia Sabatela, Cristiane Torlone e Camila Pitanga.

A novela Velho Chico, tem previsão para ir ao ar em meados de março próximo, no horário das 21 horas, e se dividirá em três fases (as décadas de 70, 80 e atualmente), tendo como principal tema a transposição do Rio São Francisco e um romance proibido envolvendo famílias rivais.

A Prefeitura de Piranhas, através da equipe de Governo do prefeito Manoel Brasiliano, apoia e disponibiliza toda a estrutura logística para a produção Global (a exemplo das canoas de Tolda e Chata), reconhecendo a importância desse momento ímpar para a divulgação do rico potencial turístico, cultural e histórico da cidade e das comunidades rurais, que fazem de Piranhas a 'Lapinha do Sertão". 

Por Assessoria

Condutor com suspeita de embriaguez provoca acidente no Centro de Maceio

Foto: Izabelle Targino
Um acidente envolvendo três veículos deixou o trânsito congestionado na Avenida da Paz, no Centro, na tarde desta sexta-feira (29).
De acordo com agentes da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), os condutores dos veículos Eco Sport dourado, de placa NLY 9977, e uma Saveiro branca, de placa OEL 1364, estavam parados para fazer a conversão para a Praça Sinimbu.
Enquanto aguardavam o semáforo abrir, os condutores dos dois veículos foram surpreendidos por um veículo Classic, de cor prata e placa PFJ-6375, de Paulista, em Pernambuco, que surgiu desgovernado na via. Com o impacto, o veículo EcoSport atravessou o gelo baiano e estourou o pneu traseiro. Já o Classic, ficou completamente destruído, tanto na dianteira como na traseira.
Ainda segundo os agentes da SMTT, o condutor do Classic, identificado como Vangivaldo Almeida de Souza, de 33 anos, aparentava estar embriagado e se negou a fazer o teste do etilômetro.
Devido ao estado do condutor e à gravidade do acidente, a CNH de Vangivaldo Almeida foi recolhida e ele foi encaminhado, por uma equipe do BPTran ,à Central de Flagrantes, onde será confeccionado um Termo de Constatação de Embriaguez.
Apesar do impacto dos veículos, ninguém ficou ferido.
Por Izabelle Targino/Alagoas24horas

MP alerta governo e prefeitura sobre Vingadora, Kannario e afins

Terá que rever repertório e coregrafia (Foto: Divulgação)
Músicas, danças ou coreografias que incentivem a violência estão proibidas no carnaval de Salvador. Em recomendação enviada ao governo da Bahia e à prefeitura de Salvador, o Ministério Público Estadual adverte que artistas, bandas, blocos e entidades carnavalescas contratadas com recursos públicos devem se enquadrar às exigências legais. Um dos casos a serem observados é o da banda Vingadora, que aposta na canção “Metralhadora” como um dos hits da folia.
A medida tem como base o cumprimento das leis Estadual n° 12.573/12 e Municipal 8.286/12, que proíbem o uso de recursos públicos para contratação de artistas que incentivem a violência, exponham as mulheres a situação de constrangimento ou contenham manifestação de homofobia, discriminação racial e apologia ao uso de drogas ilícitas. A documentação foi enviada pelo Grupo de Atuação em Defesa da Mulher e da População LGBT do MP (Gedem).
De acordo com a promotora de Justiça Márcia Teixeira, coordenadora do Gedem, Estado e Município devem ainda incluir nos contratos com os artistas cláusulas de advertência conforme determinação das normas mencionadas. Ainda segundo ela, as instituições e órgãos públicos devem também observar o conteúdo da Portaria n° 11/2015 do Conselho Municipal do Carnaval e outras Festas Populares (Comcar), que chama a atenção quanto à necessidade do uso em trios elétricos e carros de som de mensagem determinando “que fica terminantemente proibido aos associados, artistas ou agremiações carnavalescas a utilização de quaisquer objetos que incitem a violência física, moral e psicológica ou a desvalorização das mulheres, LGBT e negros”.
Kannario – Ao tomar conhecimento de que o cantor Igor Kannário teria sido contratado para comandar  o bloco infantil Ibeji, a promotora enviou ofício à Secretaria de Cultura do Estado da Bahia para recomendar cuidado especial na avaliação das solicitações de patrocínio público para as atrações de entidades voltadas para crianças. O alerta foi feito porque no documento em que solicita patrocínio oficial,o bloco omite o nome do polêmico artista,”mesmo sendo este divulgado como principal atração do bloco”, salienta Márcia Teixeira.
Kannario se notabiliza por envolvimento em situações controversas, já esteve preso por porte de drogas e se assume como usuário de maconha.
Da Redação com http://bahia.ba/ssa

ARACAJU : PM prende suspeitos por sequestro em shopping

Carro estava em um condomínio (Foto: PM)
Dois suspeitos pelo sequestro ocorrido dentro do shopping Jardins, zona sul de Aracaju (SE), na noite da quinta-feira, 28, foram presos nesta sexta-feira, 29. A dupla foi localizada dentro de um condomínio no Conjunto Augusto Franco, onde também foi localizado o veículo roubado, segundo informações da Polícia Militar. Os suspeitos foram identificados como João Luiz Andrade Silva, 18, e Jonatahas Santos Souza, 25.
A Polícia Militar articulou uma campana no condomínio após receber denúncias da população. Os rapazes finalmente se aproximaram do veículo roubado e um deles estava na companhia da namorada. Os policiais deram voz de prisão e encaminharam os suspeitos para a Delegacia de Polícia Civil.

No apartamento de João Luiz, os policiais encontraram um revólver com munições, levantando a suspeita de que aquela arma teria sido usada para a prática do crime. De acordo com a PM, os suspeitos confessaram a autoria do sequestro.
Por Infonet Com informações da PM

Mão humana é encontrada nas proximidades do novo fórum de Paulo Afonso

Crédito: Leitor OA (Via Whatsapp
Um popular que preferiu não se identificar localizou na manhã desta sexta-feira, 29, uma mão humana em avançado estado de decomposição. A mão, encontrada estava nas proximidades do novo fórum de Paulo Afonso, no bairro Alves de Souza.
A polícia técnica recolheu o membro para o IML (Instituto Médico Legal) e irá investigar a quem pertencia a mão encontrada.
O local onde a mão foi encontrada também fica a poucos metros do Hospital Nair Alves de Souza, portanto, a polícia deverá ouvir a direção da unidade hospitalar uma vez que não está descartada a possibilidade de a parte humana ser de algum paciente.
Por Ozildo Alves

Policiais civis ameaçam paralisação no carnaval

Foto: Michelle Farias
O Sindicato dos Policiais Civis de Alagoas (Sindpol) informou, por meio de sua assessoria de comunicação, que só trabalha no interior de alagoas no carnaval mediante pagamento antecipado das diárias.
A ameaça de paralisação nas festividades carnavalescas decorre, segundo a assessoria, do não cumprimento de um calendário de negociações entre a categoria e o secretário de Planejamento e Gestão (Seplag), Christian Teixeira.
Uma assembleia extraordinária será realizada na segunda-feira (01) no auditório do Sindicato dos Urbanitários para definir uma mobilização. O Sindicato aguarda um retorno do Governo do Estado para tratar das reivindicações antes da assembleia.
Por Bruno Levy*  *Colaborador Cada Minuto com Ascom Sindpol

Operação no Sertão apreende doze espingardas e realiza prisões

Uma operação coordenada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), que contou com o apoio do 7º Batalhão de Polícia Militar de Santana do Ipanema, prendeu, na madrugada desta sexta-feira (29), três homens e apreendeu um adolescente. A ação aconteceu na BR 316, na cidade de Dois Riachos, no sertão alagoano. Três foram acusados de disputar racha na rodovia, e um quarto foi detido por comércio ilegal de armas. Doze espingardas de diversos calibres, além de munições e facas foram apreendidas.
As primeiras prisões ocorreram ainda na noite da quinta-feira (28). Três motociclistas, de 21, 19 e de 16 anos, foram flagrados disputando corrida na BR 316. Eles estavam em motocicletas de 100 cilindradas, consideradas pouco potentes. Para compensar e aumentar a eficiência das motos, eles se arriscavam deitando de bruços sobre os guidões a fim de diminuir o atrito com o vento.
Nenhum dos jovens possuía habilitação e as motocicletas apresentaram diversas irregularidades. Duas delas não tinham retrovisores, equipamentos considerados obrigatórios pelo Código deTrânsito Brasileiro (CTB), e a terceira possuía falha na iluminação traseira, o que dificultava a sua visibilidade e tornava a circulação do veículo ainda mais perigosa.
Os acusados foram levados para a Delegacia de Polícia Civil, em Santana do Ipanema, onde foram enquadrados nos crimes previstos nos artigos 308 e 309 do CTB, por disputar racha em via pública e dirigir sem possuir habilitação, gerando perigo de dano.
Se condenados, eles podem ser apenados com até três anos de detenção, além de multas e da proibição de obter a permissão para dirigir.

DENÚNCIAS IMPULSIONARAM A AÇÃO
Há alguns dias, a PRF, através do seu número de emergência 191, vinha recebendo denúncias sobre a prática de rachas com motocicletas naquela região. A partir dessas informações, a operação foi planejada e o cerco contra os criminosos foi fechado.
“A prisão desses jovens foi muito importante para evitar acidentes graves. Devido aos festejos da padroeira do município, um parque de diversões foi montado e, naquele local onde eles agiam, havia muitas crianças circulando. Testemunhas disseram que, antes de partir para a rodovia, eles estavam empinando as motos dentro da cidade”, enfatizou um agente da PRF que participou da ação.
Não é incomum encontrar casos de irregularidades com motocicletas nas cidades do sertão. Há pouco mais de um mês, dia 22 de dezembro, a PRF registrou um acidente grave, na BR 316, em Dois Riachos, envolvendo um motociclista inabilitado. Ele colidiu lateralmente com um caminhão e ficou gravemente ferido.
ARSENAL DE ARMAS DE FOGO
Ainda na mesma operação, um homem, de 32 anos, foi preso por comércio ilegal de arma de fogo. Em seu poder foram encontradas 12 espingardas, sendo uma cal. 32, duas de pressão e nove de fabricação artesanal, além de quatro facas, 39 munições, 120 espoletas, e uma pequena quantidade de pólvora e de chumbo.
As equipes da PRF e da PM já estavam saindo da cidade quando passaram em frente a uma oficina e perceberam que o homem se assustou com a presença dos agentes. Ele tentou fechar a porta do estabelecimento de forma brusca e levantou suspeita, momento em que foi revistado e, durante a vistoria do local, o armamento foi encontrado.
Aos policiais ele disse que ser ferreiro e confessou que fabricava e vendia as espingardas, o que configura comércio ilegal de armas. A conduta é prevista no art. 17 do Estatuto do Desarmamento, e é apenada com reclusão de quatro a oito anos, e multa para quem for condenado pelo ilícito.
O preso, assim como todo o material apreendido, foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil em Santana do Ipanema.
Por: 7 Segundos com assessoria